Stephen Thompson vs Jorge Masvidal – UFC 217

Aposta Ganha Brasil » Palpites para Outros Esportes » Palpites UFC » Stephen Thompson vs Jorge Masvidal – UFC 217

Stephen Thompson vs Jorge Masvidal – UFC 217: No card principal temos uma luta de meio-médios de topo de divisão…

Que buscam voltar a discussão pelo desafiante do cinturão da categoria.

Stephen Thompson de 34 anos, é um dos lutadores únicos que fazem parte das fileiras do UFC.

Treinado desde bem pequeno pelo seu pai na arte do Karaté, o “Wonderboy”, é o exemplo perfeito de alguém imbuído no espírito das artes
marciais, sempre muito calmo e muito respeitador.

Com uma vasta carreira de kickboxing amador, Thompson chegou ao UFC em 2012, e após um início titubeante, acima de tudo pela sua dificuldade em adaptar-se ao grappling,

Thompson engatou uma série impressionante de vitórias até ter a chance de defrontar o campeão da categoria, Tyron Woodley, na primeira visita do UFC ao Madison Square Garden à cerca de um ano.

Depois de uma luta equilibradíssima um empate maioritário fez valer um rematch passado quatro meses que aí sim, em mais um combate equilibrado, valeu a derrota por decisão maioritária a Thompson.

Surge agora este combate com Masvidal que pode valer um novo salto a Thompson na tentativa de voltar a disputar o título.

Jorge Masvidal de 32 anos, é também uma personagem única dentro do MMA.

Com uma carreira profissional já bem comprida, Masvidal começou por se envolver em lutas de rua na sua Miami natal antes de apontar baterias para o MMA.

Enquanto profissional passou por diversas promoções de luta e normalmente sempre a variar entre categorias de peso de peso-leve a peso meio-médio.

Atualmente sediado na conhecida academia American Top Team na Florida, Masvidal disputou quatorze lutas sob a égide do UFC, das quais venceu nove. As cinco que perdeu foram todas por decisão.

Na sua última luta, perdeu naquilo que era uma eliminatória de desafiante ao título, frente a Demian Maia,

e uma vitória aqui sobre Thompson, dependendo também de como é alcançada, pode muito bem finalmente valer um bilhete para desafiar o cinturão pertença de Woodley.

Outra luta do melhor que podemos ver a nível de MMA. Tanto Thompson como Masvidal têm, de forma algo diferente, vasta experiência em artes marciais.

Thompson usa do seu estilo de karateca para normalmente golpear à distância, usando a sua boa envergadura e rápidas mudanças de postura para apanhar de surpresa o oponente com ângulos inesperados.

Uma boa movimentação de pés e a forma como seleciona cautelosamente, mas com precisão os seus golpes demonstram a unicidade do seu estilo tradicional,

mas tremendamente eficaz quando aplicado nas MMA, o que nem sempre é fácil para alguém com o tipo de “background” como o de Thompson.

Superar Masvidal não será, contudo, fácil. Masvidal usa um estilo de boxe bem ilusivo e bastante bem trabalhado.

Não tem problemas em ser acertado e apoia-se num queixo bem resistente para ou trabalhar em pressão ou esperar em contra-ataque o oponente.

Algo que algumas vezes tem funcionado a desfavor de Masvidal é alguma tendência em “levantar o pé” do acelerador à medida que a luta se encaminha para o seu final,

e isso tem lhe valido algumas amargas derrotas por decisão, em lutas que se tivesse acelerado um pouco mais, cairiam para o seu lado e dariam outro espectro ao seu cartel profissional.

Palpites e Dicas de Apostas Stephen Thompson vs Jorge Masvidal – UFC 217:

Masvidal também possuí boas capacidades de wrestling e algo subvalorizadas, tanto ofensivas como defensivas e se conseguir trancar Thompson junto à grade poderá aproveitar para exprimir o seu grappling.

Thompson apesar de ter desenvolvido uma excelente técnica de defesa de quedas, tem às vezes a tendência de se deixar ficar muito junto à rede e aqui quererá sem dúvida evitar isso.

Uma luta bem mais equilibrada do que aquilo que aparenta no papel. Ambos os atletas têm boas armas para levar de vencida a luta, mas a nível de prever um vencedor sinto que é um pouco “moeda ao ar”.

A postura de Thompson na luta e para mais frente a um “striker” perigoso, deverá favorecer a cautela e a constante usa da distância para manter Masvidal por fora.

Contudo a boa capacidade defensiva e durabilidade de Masvidal juntamente com o facto de Thompson nunca ter tido o seu queixo testado,

fazem-me acreditar que temos aqui uma luta talhada para percorrer os três assaltos de duração e será nesse sentido que farei o meu prognóstico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CASAS DE APOSTAS
4,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.
5,0 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : apostaganhabr
5,0 rating
O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.