São Paulo x Internacional Palpite

Aposta Ganha Brasil » Palpites de Futebol » São Paulo x Internacional

São Paulo x Internacional – Brasileirão Série A: No Morumbi, São Paulo e Inter protagonizam o melhor jogo da 31ª jornada.

São Paulo x Internacional –O Tricolor, apesar da queda vertiginosa de performance, manteve-se na liderança do Campeonato Brasileiro, mas, ao que parece, esta condição tem prazo de validade.

Isso porque o adversário desta quarta-feira está na cola e tem apenas um ponto a menos na tabela classificativa. Enquanto o Soberano possui 57 pontos, o Colorado ostenta 56. O Atlético Mineiro, outro forte concorrente ao título, tem 53, na terceira posição.

A eliminação do São Paulo na Copa do Brasil nas mãos do Grêmio pesou mais do que eu imaginava; Mesmo com todo seu background em psicologia, Fernando Diniz não vem conseguindo passar tranquilidade ao elenco e as constantes “pistolagens” à beira do gramado são prova disso.

A mais recente foi no empate diante do Athletico Paranaense na Arena da Baixada, onde o Tricolor novamente foi mal em fase ofensiva e demonstrou pouca ambição para buscar os três pontos em Curitiba.

No empate por 1×1 diante do Furacão, as aproximações e a saída curta não funcionaram da mesma forma de outrora. Percebi muita dificuldade para se desvencilhar da forte marcação em linha alta imposta pela equipe de Paulo Autuori, assim como já havia acontecido nas derrotas para o RB Bragantino de Maurício Barbieri e para o Santos do técnico Cuca.

Diniz falou sobre isso em sua entrevista pós-jogo: “o time estava travado no primeiro tempo, jogamos abaixo. O Athletico é um time difícil de se jogar aqui. Tivemos mais a bola, mas eles colocaram as linhas próximas. No segundo tempo, um pouco com as mudanças e a mudança tática, conseguimos jogar mais entre as linhas e com as bolas longas.”

Com essa declaração, o treinador deixou claro que identificou a saída curta como uma das principais dificuldades do São Paulo nos últimos confrontos.

Diante do Bragantino, a equipe sofreu dois dos quatro gols em erros de passe lá atrás. No jogo contra o Santos, o gol sofrido foi originado de um erro no meio de campo. Contra o Athletico Paranaense, a mesma coisa.

O jogo desta próxima quarta-feira diante do Internacional vai ser a maior prova de que esse São Paulo ainda é capaz de conquistar o título do Brasileirão.

Vencer significa elevar a moral diante de um postulante à taça, que está agora a apenas um ponto de distância. A derrota, no entanto, representaria a perda de liderança e uma ducha de água fria no time que chegou a ser considerado o melhor do Brasil em um passado não tão distante.

Livestream de Jogos ao Vivo

Para este próximo compromisso frente ao Saci, Fernando Diniz não poderá contar com o zagueiro Arboleda, suspenso. Diniz tem Diego Costa e Léo como substitutos para a zaga.

Contra o Bragantino, por exemplo, Arboleda também não atuou por desgaste físico e Diego Costa foi o escolhido para assumir a condição de titular. O São Paulo perdeu por 4×2. Juanfran e Toró são dúvidas, assim como o melhor jogador da equipe, Luciano.

O momento vivido pelo Inter é maravilhoso. Depois de uma fase complicada, o time de Abel Braga emendou seis vitórias em sequência, um recorde na edição atual e a segunda melhor série de vitórias do Colorado na história do torneio – repetindo o feito de 2006, ano em que foi campeão da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes, comandado pelo próprio Abel Braga.

Numa semana em que Internacional e São Paulo fazem um confronto direto daqueles com clima de final de campeonato, as menções a 2006 se tornam ainda mais relevantes. Afinal, vale lembrar, que há 15 anos a disputa no Brasil passava justamente pela dupla, e com conquistas de título por parte de ambas esquadras.

O ano de 2006 foi particularmente inesquecível para o Colorado. Fez a final da Copa Libertadores contra o São Paulo no meio do ano, e levou a melhor com vitória por 4×3 no placar agregado.

No fim do ano, o time de Abel Braga conquistaria o mundo ao bater o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho, com gol improvável de Adriano Gabiru.

Quando falamos de Campeonato Brasileiro, no entanto, a festa foi toda do São Paulo de Muricy Ramalho. A série de seis vitórias, entre a 28ª e a 33ª rodada, de nada adiantou para o Internacional, que viu o time paulista conquistar o primeiro dos títulos do tricampeonato (2006, 2007 e 2008) histórico tricolor.

Além de 2006, o Inter só conseguiu vencer tantas vezes seguidas por outras duas vezes. Em 1979, quando foi campeão, o time também venceu seis vezes. O recorde é do ano anterior (1978), com oito vitórias consecutivas.

Anos históricos para o Colorado, que sonha com mais um grande feito na temporada atual, com o time atualmente um ponto atrás do líder São Paulo (57 vs 56) ao fim de 30 rodadas.

Conclusão: o São Paulo de Fernando Diniz não vem conseguindo repetir as performances que levaram a equipe à liderança da prova e o momento é de queda psicológica. A equipe, depois das derrotas para RB Bragantino e Santos, já não exala a mesma confiança para sair jogando em transição curta e vem errando demais neste quesito.

Aposte no São Paulo x Internacional Brasileirão Série A na 1xbet e aproveite o bônus de 500 REAIS

Palpites e Dicas de São Paulo x Internacional :

O Internacional de Abel Braga é a equipe mais quente do momento e vem tendo ótimas exibições. Mostrou resiliência ao bater o Fortaleza por 4×2 na última rodada ao permitir o empate por 2×2 e vai com muita confiança para este jogo no Morumbi.

Momento por momento, arriscaria no handicap a favor do Internacional. Mas essa aposta, pré-live, é demasiada arriscada. Só farei essa aposta ao vivo, caso o Colorado consiga limitar as tentativas de saída curta do Tricolor.

PALPITE E DICA DE APOSTAS

ODD

Internacional ganha ou empata
1.81

1xbet
Gostaste de nosso conteúdo? Então Subscreva nosso canal Youtube. Entre em nossas redes sociais: Canal Telegram ou fale connosco no Chat do Telegram ou ainda no Facebook, Twitter e TikTok.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Casas de Apostas
3,3 rating
Aposta Grátis de 30$ mais um bônus de 100% até um máximo de 40 dólares.
3,5 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 1000 reais.
3,5 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 200 Reais, mais Freebet de 50 Reais.
3,5 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 650 reais.
3,3 rating
Não tem bônus de Boas vindas para a apostas esportivas online.
3,5 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 150% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 150 reais.
3,8 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.
4,0 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.
3,8 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.
3,3 rating
Bônus de 100% sobre o valor do seu depósito até um máximo de 200 reais.
Código Promocional para aceder ao Bônus: BR200
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 777 reais.
5,0 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120
5,0 rating
O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.
3,3 rating
Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200
3,5 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.
3,5 rating
Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais
3,5 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.