O Santos sofre com uma péssima situação financeira e política. A contratação do atacante tomou proporções negativas gigantescas.

SANTOS: O DESESPERO PARA QUITAR DÍVIDAS

O Santos começa a se ver sem saída para se manter entre os clubes mais sólidos do futebol brasileiro. Recentemente repercutiu negativamente, a possibilidade do presidente vender o atacante venezuelano, Soteldo, para o Al Hilal, enfraquecendo substancialmente o time para o restante da temporada.

O presidente Orlando Rollo enviou um áudio a torcedores justificando a necessidade de vender o venezuelano. Segundo o dirigente, o valor de 7 milhões de dólares não é justo, porém, o desespero começa a bater na porta da Vila Belmiro.

Se não vender Soteldo, o clube não terá dinheiro para quitar os salários até o final do ano. Rollo comunicou que o clube não tem nenhum recebível substancial até dezembro, e ainda não tem dinheiro em caixa para pagar dívidas com outros clubes.

Vale lembrar que o Santos precisa pagar o Huachipato pela contratação do próprio Soteldo, e ainda o Atlético Nacional, da Colômbia, pela aquisição de Felipe Aguilar que hoje se quer estar no clube.

O presidente ainda comunicou que o seu antecessor, afastado do cargo, antecipou todas as receitas do ano e quebrou o caixa do clube. Segundo Orlando Rollo, o risco de perder jogadores de graça é muito grande.

SANTOS SOB RISCO DE PERDER PATROCÍNIOS POR CAUSA DE ROBINHO

O dirigente disse tentar manter o atacante até fevereiro, quando termina a temporada do futebol brasileiro. Ainda que neste momento deve agir como gestor e não torcedor, dando a entender que se houverem outras propostas o clube provavelmente aceitará.

Sendo assim, enfraquecendo o Santos não só para o final desta temporada como para a temporada seguinte.

SANTOS SOB RISCO DE PERDER PATROCÍNIOS POR CAUSA DE ROBINHO

A situação dos Santos não é nada fácil, principalmente por não poder contratar jogadores. Neste momento, o clube então recorreu a um antigo ídolo, o atacante Robinho, que saiu do Santos para ganhar o mundo.

O atacante, no entanto, foi condenado em primeira instância pelo estupro coletivo de uma mulher, na Itália. Mesmo assim, o Santos preferiu apostar no jogador.

A repercussão foi totalmente negativa, e como o futebol é negócio, ninguém quer perder dinheiro. O clube ficou na iminência de perder seus patrocínios, pelo fato das empresas serem severamente cobradas a se posicionar diante do caso.

Praticamente todos os patrocinadores do Santos publicaram uma nota, ou então, ao serem procurados, se posicionaram contrários à contratação do atacante.

Muitos foram claros, ao dizer que se confirmada a contratação, retirariam seu patrocínio, ou suspenderiam o pagamento até o julgamento do jogador na Itália.

Pela forte repercussão negativa do caso, Santos e Robinho entraram em um acordo para a suspensão do contrato firmado. Ambos publicaram que o jogador ficará focado para defender-se das acusações na Itália.

O acordo está suspenso e não cancelado. Sendo assim, Robinho ainda poderá voltar a vestir a camisa do Santos. A questão é se ele for absolvido, pois enquanto perdurar a indefinição do seu caso, o dinheiro não deixará o Santos contratar seu antigo ídolo.

ROBINHO NÃO FARÁ BEM AO SANTOS

O Santos vive uma fase caótica, e mesmo assim, o técnico Cuca tem conseguido, dentro de campo, manter uma equipe equilibrada e intens. Isso se dá pela organização tática, mas também pelo senso coletivo de jogadores, que acabam se doando à proposta do clube.

Robinho hoje está na sua reta final de carreira, e não apresenta a mesma intensidade e mobilidade que já apresentou no seu auge.

O Santos hoje não é um time com espaço para um jogador que não se doa ao jogo sem bola. Tratando ainda de questões de dentro do campo, Robinho não faria com que o Santos subisse de patamar.

Este modelo intenso e vertical aplicado por Cuca, sofreria um declínio com um jogador deste tipo. O Santos tem sido competitivo devido à sua aplicação, que não comporta as características do atacante contratado.

Voltando a questões extra campo, o Santos se livrou de uma bomba. Robinho hoje é capaz de denegrir a imagem de um grande clube. O retorno de um ídolo faz bem para a torcida, e para os cofres do clube, ao qual gera ações de marketing e venda de produtos ao redor de um grande nome.

Robinho não representa mais este tipo de jogador. Hoje só não faria com que o clube sofresse com o ambiente de hostilidade, pois o público não está presente nos estádios. O atacante traria consigo a indignação de muitos, inclusive torcedoras do próprio clube.

O jogador terá o direito de se defender na Itália, e aqui não trato de buscar a visão do atleta. O ponto aqui é a necessidade dos Santos ter um atleta problemático, que trará consigo consequências tão negativas.

Tenho certeza que o Santos não precisa de Robinho, dentro de campo, e muito menos fora dele. O Santos é maior do que Robinho e maior do que todos os jogadores que já passaram.

Não pode se envolver em um caso tão polêmico para tentar resolver pequenas questões de campo. No final das contas, o Santos vai se livrar de uma grande encrenca e Robinho dificilmente voltará a jogar no futebol brasileiro.

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Chat do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Casas de Apostas
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 777 reais.
5,0 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120
5,0 rating
O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.
3,8 rating
Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200
4,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.
3,5 rating
Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.
4,0 rating
Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais
3,8 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.