Quem será rebaixado no Brasileirão 2019?

Aposta Ganha Brasil » Promos das Casas e Destaques » Quem será rebaixado no Brasileirão 2019?

Algo que talvez seria inimaginável no início do Campeonato Brasileiro Serie A, é que chegaríamos há poucas rodadas do final da competição, e muitos times ainda estariam com risco iminente de queda para o Brasileirão Série B. Veja abaixo quantas vagas ainda restam, e as condições de cada um nessa disputa. *Dados atualizados até a 30ª rodada!

Avaí e Chapecoense: Os rebaixados!

Não há o que se possa fazer, faltando tão poucas rodadas, mesmo com uma porcentagem mínima de matematicamente ainda buscarem a salvação, Avaí e Chapecoense estarão na segunda divisão em 2020.

Brasileirão 2019

Avaí:

• O Avaí é o último colocado, vem em uma grande sequência de derrotas consecutivas. Recentemente deixou seu treinador assumir o Botafogo, pois já não tinha quaisquer esperanças de salvação.
• Tem a pior defesa do campeonato, o pior ataque, e sequer dentro de casa consegue fazer jogos mais competitivos. Ficar de olho nos jogos contra quem luta por alguma coisa importante no campeonato, pois o Avaí deve ser o “bônus stage”.

Chapecoense:

• É uma equipe menos passiva do que o Avaí, então tomar cuidado com altos handicaps. Mesmo assim, vem praticamente sem chances para as próximas rodadas, mais de 10 pontos do primeiro time fora da zona.

• Tem o segundo pior sistema defensivo do campeonato, e a segunda pior campanha como mandante.

• Acredito que mais umas duas rodadas e já não haverá chance de salvação, e seja também um time que cederá pontos mais fáceis aos adversários.

CSA e Ceará: De um lado a redenção e do outro a queda-livre

O CSA ainda é habitante da zona de rebaixamento, mas conseguiu grande recuperação sob o comando do técnico Argel Fucks. Já o Ceará, perdeu muitos jogos em sequência, trocou treinador em meio à competição e ainda não se achou depois disso.

argel csa

CSA:

• O CSA era tido como um time que seria rebaixado com muitas rodadas de antecedência, e hoje é quem briga por uma vaga na próxima edição da Serie A.
• Oscila entre 3 a 5 pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, mas hoje é um time muito mais “sólido” defensivamente.
• Coloco entre aspas, pois ainda é pobre tecnicamente e por vezes vai ser goleado, mas consegue ter com o novo treinador uma resistência defensiva muito maior. Como exemplo, perdeu apenas de 1-0 para o líder do campeonato.
• Desde que Argel assumiu, são 6 vitórias, 5 empates e 10 derrotas, e em apenas 2 jogos sofreu mais de 2 gols.
• Por outro lado, é o time que menos finaliza na competição, com média de 8.9 por jogo, e tem menor índice de acertos ao alvo.

Ceará:

• O Ceará ainda está fora da zona de rebaixamento, mas foi um dos times que mais se aproximaram dela nas últimas 10 rodadas. Embora tenha conquistado vitórias importantes nas últimas rodadas, vinha anteriormente de 10 jogos sem vencer, e ficou à beira do precipício.
• Desde a 15ª rodada, o time venceu apenas 3 vezes, e destas vitórias, se deram contra o Avaí praticamente rebaixado, o Fluminense que está na zona de rebaixamento e o Bahia que vem em queda livre.
• Um dado interessante: É o time que mais tem escanteios em seus jogos em todo o campeonato: uma média de 7 cantos a favor e 4.9 cantos contra por jogo.
• Neste cenário, podemos imaginar que é um time agressivo, que joga pelas pontas, mas também bastante permissivo.
Ficar de olho nessas linhas.

Fluminense, Botafogo e Cruzeiro: Cairá um grande do futebol brasileiro?

É grande a possibilidade de um destes 3 times, caírem para a segunda divisão. Todos com trocas recentes de treinador, ambiente interno conturbado.

Fluminense:

• Hoje habitante da zona de rebaixamento. Tem sérios problemas de elenco, um time com meio-campo sem mobilidade, péssimo na marcação.
• Tem uma das piores defesas do campeonato, com mais de 40 gols sofridos.
• Tem o terceiro pior aproveitamento como mandante, e perdeu em casa para adversários fracos e diretos, como Avaí e CSA.
• É o 5° time que mais perde a posse de bola no campeonato, e mais gera ações ofensivas do adversário em contra-ataque.
• Isto explica a quantidade de ataques sofridos, ser uma das piores defesas.


Cruzeiro:

• Não tem um time ruim, dos que estão abaixo na tabela, é o que tem o melhor elenco, inclusive participante da Libertadores deste ano.
• Afundou-se na crise, muito pela situação interna da instituição, e uma pressão absurda vindo do meio externo. Trocou de treinador e conseguiu boa recuperação.
• Abel Braga assumiu e o time já não perde há 9 jogos. A maioria é empate, é verdade, mas é quem mais somou pontos nas últimas 10 rodadas entre estes times.
• Um dado importante: sofreu apenas 4 gols neste período, ou seja, o treinador optou por uma defesa forte em primeiro lugar. Ficar de olho nos handicaps mais altos e na linha de gol abaixo nestes jogos.

Botafogo:

• Tenho dito que o Botafogo é quem mais corre risco de queda, principalmente pelo recorte recente do campeonato.
• Caiu muito de produção, demitiu Barroca, seu treinador que era um profissional promissor, conseguia manter este time limitado com uma boa proposta de posse de bola.
• Recontratou Alberto Valentim que era último colocado com o Avaí, e este contribuiu com o péssimo momento. Até a 30ª rodada perdeu 9 dos últimos 11 jogos, e está a 2 pontos da zona de rebaixamento.
• É o time que mais sofre ataques no campeonato, pior que os últimos colocados. É o time que soma mais defesas no campeonato, ou seja, totalmente permissivo defensivamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Canal ApostaGanha Brasil no Telegram