Muitos dizem que o Campeonato Brasileiro 2020 é um dos mais fracos das últimas décadas. Outros, afirmam que é um dos mais emocionantes e indefinidos da história. Entre altos e baixos, triunfos e tropeços, quem leva o título este ano?

FLAMENGO – UM FAVORITO INSTÁVEL

Falar em altos e baixos é praticamente resumir o Flamengo em 2020. Recentemente, o Flamengo chegou a uma regularidade e conseguiu encaminhar 12 jogos sem perder, entre Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil.

A série invicta, no entanto, foi derrubada com uma goleada sofrida em pleno Maracanã, para o São Paulo, por 4-1. Falhas defensivas tem deixado o Flamengo vulnerável, e no último final de semana, outra goleada, desta vez sofrida para o Atlético Mineiro.

O resultado de 4-0 derrubou ainda mais a confiança dos rubro-negros em Domenèc Torrent, na noite de domingo, todos os canais esportivos debatiam uma saída ou não do treinador espanhol.

Quando chegou Dome falou que preferia ganhar seus jogos por 4-3, do que por 1-0. Se referindo ao modelo de jogo ofensivo, agressivo, em detrimento deu um futebol estático, pragmático e sem criação.

A verdade é que seu time tem um grande repertório ofensivo, mas a organização defensiva e principalmente a transição ataque/defesa, é falha. Seus defensores ficam expostos e o time sofre gols constantemente.

FLAMENGO – UM FAVORITO INSTÁVEL

A equipe sofreu 10 gols nos últimos 3 jogos, e parece que quando começa mal, termina pior ainda.

Em um campeonato longo o Flamengo ainda favorito, pelo grupo que tem. Porém, seu treinador precisa rever seu modelo estilo Guardiola, pois defensivamente, se fosse brasileiro, já estaria procurando emprego.

Com as goleadas sofridas, o Flamengo já tem a segunda pior defesa do campeonato, atrás apenas do Goiás, último colocado.

INTER – LÍDER COM PROBLEMAS INTERNOS

A mídia do centro do país tem exaltado constantemente o Internacional, líder do Campeonato Brasileiro, nas quartas da Copa do Brasil, e nas oitavas da Copa Libertadores.

No entanto, a mídia local tem acesso a bastidores, e as notícias internas do Inter não são boas. Segundo repórteres, o treinador Eduardo Coudet e a direção, têm entrado em conflito.

O argentino teria pedido reforços e já alegou, em entrevistas, que seu grupo é insuficiente. A diretoria não correspondeu às expectativas, e após o empate em 2 a 2 contra o Coritiba, no último final de semana, Coudet colocou seu cargo à disposição.

Notícias de Porto Alegre dão conta que o treinador estaria Pronto para deixar o Beira-Rio. O seu destino seria a Espanha pois foi seduzido por uma proposta do Celta para disputar a La Liga.

O clima interno não é nada bom, mesmo com os resultados de campo sendo positivos. O Inter tem um grupo enxuto, e com lesões e suspensões, começa a ter problemas.

O modelo de jogo do Inter é muito interessante, marca pressão na saída de bola. Quando a recupera, está próximo ao gol. Porém, este sistema acaba exigindo muito da parte física, e o time vem perdendo força, devido aos problemas de elenco.

Se Coudet permanecer, o Inter tem boas chances nas copas, e no Campeonato Brasileiro vai disputar até o final. Mas se mudar de treinador neste momento, começa a dar adeus à disputa.

ATLÉTICO-MG – DÁ PARA CONFIAR?

Se o Flamengo tem sido instável, o que falar do Atlético Mineiro? A equipe comandada pelo argentino Jorge Sampaoli adota o estilo Kamikaze, em muitos de seus jogos.

Recentemente vinha de uma série sem vitórias, e justo na partida diante do Flamengo, um dos mais fortes do campeonato, aplicou 4-0, sem dó nem piedade.

Em Belo Horizonte a torcida já fazia protestos, cobrava do treinador e jogadores em baixa. Hoje, comandante e elenco são enaltecidos, mas nada confiáveis.

ATLÉTICO-MG – DÁ PARA CONFIAR?

Vale lembrar que este mesmo Atlético que goleou o Flamengo, foi goleado na rodada anterior para o Palmeiras. Um jogo que tentou ser agressivo ofensivamente, mas péssimo na recomposição e organização defensiva. O Atlético vai tropeçar muito até o final do campeonato com esse modelo de jogo. Briga pelo título, mas não detém o favoritismo.

É um time que, se sai na frente do placar, tem a chance de ser letal em transições. Porém, se começa o jogo perdendo, o risco de tomar uma goleada é grande.

O Atlético está vice-liderança, com 35 pontos, o mesmo número de pontos que o Flamengo e um atrás do líder, Internacional. Vale lembrar que o time mineiro tem um jogo a menos.

SÃO PAULO – ENTROU NA BRIGA PELO TÍTULO

Entre uma crise e outra, o São Paulo foi chegando próximo aos primeiros colocados. O tricolor tem 33 pontos 3 a menos que o líder porém com 3 jogos a menos.

Pelo Campeonato Brasileiro o tricolor paulista já chega a 10 jogos de invencibilidade. Embora a larga sequência, se tratando de desempenho técnico, o São Paulo é uma montanha-russa.

Eliminado recentemente da Libertadores e também da Copa Sul-Americana, a confiança do time foi ao chão. Pelo brasileiro, em uma rodada goleia o Flamengo, fora de casa, e na rodada subsequente sofre muito para vencer o lanterna da competição, em casa.

Se eu trunfo daqui por diante será disputar apenas o Campeonato Brasileiro, assim como o Atlético Mineiro, enquanto os demais rivais disputarão competições paralelas.

Qual São Paulo veremos pela frente, é a questão do momento. Se aquele, instável nas copas, ou este, regular na liga nacional.

PALMEIRAS – A INCÓGNITA DIRIGIDA POR ABEL FERREIRA

O Palmeiras teve estreia, na última semana, do treinador português Abel Ferreira. A sequência positiva do alviverde, que chegou a 3 vitórias seguidas, colocou a equipe na sexta posição, com 5 pontos de desvantagem para o líder, porém, com um jogo a menos.

O forte elenco conta como ponto positivo para o Palmeiras nesta disputa. Por outro, lado a mudança de metodologia de trabalho nesta altura da temporada, pode atrasar a equipe até consolidar um bom nível técnico.

PALMEIRAS – A INCÓGNITA DIRIGIDA POR ABEL FERREIRA

Segundo Abel Ferreira, a equipe passará por um processo de aprendizagem sobre seu modelo, e isso requer tempo.

Alguém avisa o português que no Brasil não há tempo. O calendário e a pressão da torcida exigem desempenho em média 3 dias após o último jogo.

Que o diga Domenèc, que passou 12 jogos sem perder, e agora tem sua demissão discutida nos veículos de comunicação, após 2 goleadas sofridas.

FLUMINENSE, SANTOS E GRÊMIO ESTÃO FORA DA DISPUTA?

Fechando aqueles que, ao menos até o momento, em pontuação, brigam pelas primeiras posições, estão Fluminense Santos e Grêmio

Desta trinca, cada um tem um motivo diferente para pensarmos que não disputarão o título até ao final do campeonato.

O Fluminense tem apenas o Campeonato Brasileiro para se preocupar. No entanto, a equipe de Odair Hellmann ocupa uma posição acima da sua realidade.

Tem um elenco pouco numeroso e pouco qualificado. Méritos do treinador, que montou um modelo de jogo intenso, competitivo, mas que desperdiçará pontos pelo caminho.

O Santos também não tem um elenco que dê muitas opções ao técnico Cuca. Mesmo assim, o comandante tem conseguido fazer a equipe ter atualizações de boa qualidade. O time ainda divide atenções com a Copa Libertadores, e nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, tem perdido força, principalmente pela sequência de jogos, e sua principal arma, que é a intensidade, tem ficado menos visível.

O Grêmio tem um grupo um pouco melhor do que os dois acima. Mas assim como nas últimas temporadas, roda muito seu elenco no Campeonato Brasileiro, e perde força quando coloca times alternativos.

O técnico Renato gaúcho prioriza claramente a Copa do Brasil e Libertadores, e não pensará duas vezes em colocar equipes reservas no campeonato nacional.

Embora vitórias consecutivas nas últimas rodadas, que eu colocaram na briga pelas primeiras posições, à medida que for avançando na nas competições paralelas, vai perdendo pontos importantes no brasileiro.

Embora não seja um grande campeonato a nível técnico, diferente de outros anos, não temos uma equipe disparando tão cedo na tabela. Ao menos 5 equipes disputam o título, e devido ao calendário apertado e a instabilidade de cada equipe, teremos emoção até a 38ª rodada.

E você, aposta suas fichas em quem para levar o título este ano?

Confira a cada rodada os palpites do Aposta Ganha Brasil!

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Canal do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Casas de Apostas
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 777 reais.
5,0 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120
5,0 rating
O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.
3,8 rating
Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200
4,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.
3,5 rating
Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.
4,0 rating
Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais
3,8 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.