Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Dica e Palpite de Apostas Robbie Lawler vs Donald Cerrone – UFC 214

ufc

Só o facto de este confronto entre Robbie Lawler e Donald Cerrone estar a passar um pouco despercebido demonstra inequivocamente o poder deste card.

Sem dúvida uma luta para os fãs, onde o vencedor poderá aproximar-se e muito de um possível “title-shot” ao cinturão de meio-médio (até 77,1 kg) do UFC.

Robbie Lawler de 35 anos é um tipo de lutador de uma estirpe que já pouco se vê por esses ringues fora, daqueles que com “ferro matam”, mas também que com “ferro morrem”.

Com uma carreira já bem longa e com passagens por algumas das promoções de luta mais míticas do mundo, Lawler desde que voltou ao UFC em 2013 e incorporado na categoria de meio-médio, revigorou a carreira que vinha sendo feita em peso médio, e que culminou mais recentemente com a conquista do cinturão de 170 lbs.

O cinturão esse foi perdido no ano passado para Tyron Woodley após sofrer um violento KO e passado um ano, Lawler volta ao octógono para tentar repetir a condição de vencedor.

Enquanto lutador é um agressivíssimo “brawler”, sempre muito ativo e a puxar o ritmo da luta. Tem um poder de nocaute temível e é um dos personagens principais de algumas das mais míticas lutas do UFC dos últimos anos, particularmente as “Lutas do Ano” de 2015 e 2016 frente a Rory MacDonald e Carlos Condit respetivamente.

Donald “Cowboy” Cerrone de 34 anos é sem dúvida um dos lutadores mais populares do UFC, não só pelo seu inseparável chapéu, mas porque acima de tudo é um lutador que dá espetáculo no ringue.

Conhecido igualmente pela sua prontidão para lutar e pela sua predileção em colecionar bónus de luta, Cerrone tem grande parte carreira feita nos pesos-leves de duas grandes promoções de luta: A WEC e a UFC após a primeira ter sido absorvida pela segunda, tendo inclusive disputado cinturão em ambas.

Após disputar a cinta de peso-leve do UFC frente a Rafael dos Anjos e ter perdido, Cerrone optou por subir para a categoria de meio-médio e desde à cerca de um ano tem tido relativo sucesso no novo peso com quatro vitórias consecutivas, abruptamente interrompidas pela sua última luta onde foi nocauteado pelo habilidoso “striker”, Jorge Masvidal.

Cerrone tem um estilo forjado no Muay Thai/ Kickboxing mas é igualmente um faixa preta em BJJ, e já por diversas demonstrou a sua versatilidade na “arte suave” fruto das suas dezasseis vitórias por submissão.

Pessoalmente uma das lutas que aguardo com maior expetativa deste card, pelo simples facto de que com estes senhores a “porrada” promete “comer solta”!

Um confronto que esteve aprazado para o UFC 213 à cerca de um mês, mas que acabou por ser adiado após Cerrone ter sofrido uma infeção no sangue o que obrigou à sua hospitalização e consequente adiamento da luta para este fim de semana.

Um ponto que me parece importante referir na análise da luta e que de certa forma também pode ter influência no desfecho da mesma é que apesar de fisicamente tanto Lawler e Cerrone terem números em altura e alcance parecidos,

é de referir que Lawler é um peso-médio natural a lutar em peso meio-médio e Cerrone é um peso-leve natural a lutar no meio-médio. Ambos os lutadores fizeram grande parte das carreiras, com relativo sucesso, com duas categorias de diferença entre ambos, o que diz um pouco sobre os níveis de adversidade que enfrentaram.

Robbie Lawler vs Donald Cerrone – UFC 214

Aqui, neste “match-up” especifico tenho que dar sem dúvida a vantagem a Robbie Lawler.

Uma outra questão aqui já mais intrigante tem a ver em como será que vamos encontrar Robbie Lawler depois de ter perdido o cinturão há exatamente um ano.

É impossível dissociar essa questão deste confronto depois de termos visto Lawler passar por verdadeiras guerras de cinco rounds no octógono nas suas últimas três lutas antes do KO sofrido para Tyron Woodley que lhe tirou o título.

É legitimo ponderar que consequências dessas guerras poderão implicar na durabilidade de Lawler daqui para a frente.

O que parece acertado é o facto do “Ruthless” ter tirado um ano para descansar, o que seguramente deverá contribuir para que vejamos um Robbie Lawler de mente limpa e o mais sarado possível dos estragos que os combates épicos dos últimos anos lhe trouxeram.

Estilisticamente falando, acredito ser decisivo no frente-a-frente desta luta o facto de que Cerrone normalmente sente algumas dificuldades frente a lutadores de “pressão” como é o caso de Lawler.

Cerrone tem a típica postura de Muay-Thay, quiçá excessivamente rígido, mas misturando muito bem golpes altos e baixos. Ainda assim a agressividade e postura pro-activa de Lawler deverão fazê-lo recuar e é precisamente aí que Cerrone costuma claudicar uma vez que fruto do estilo rígido o seu movimento de finta de cabeça não é o melhor.

Ora frente a um lutador com o poder e explosividade de Lawler, creio que Cerrone se irá ver em apuros.

Cerrone também é um bom finalizador e apresenta bons recursos de submissão, mas não o vejo de todo a entrar aqui com intenção de levar a luta para o chão até porque se o fizer deverá ser “fechado” pela boa defesa de quedas de Lawler.

Apesar do ponto de interrogação acerca do momento de forma de Lawler, acredito que o mesmo tenha mais ferramentas que Cerrone para levar a vitória, de forma que a minha aposta é para que Lawler vença eventualmente por paragem do juiz no segundo ou terceiro round.

Lawler vence com odds de 1.69 na 1xbet

Prognóstico para ApostasOddUnCasa de ApostasEstado
Casa de ApostasGanha

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa Forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.