Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Palpites e Dicas de Apostas Luke Rockhold vs David Branch – UFC

Este fim de semana o octógono ruma à “cidade do aço”, Pittsburgh, para mais uma noite de lutas….

O cartaz é encabeçado pela disputa entre dois lutadores de topo da divisão de médios (até 83,9 kg),

o ex-campeão da categoria Luke Rockhold enfrenta o ex-campeão de duas divisões do WSOF, David Branch.

Luke Rockhold, californiano de 32 anos é um lutador que dispensa muitas apresentações.

Ex-detentor do título dos médios do UFC e do Strikeforce, é considerado por muitos como um dos melhores, se não mesmo o melhor peso médio da atualidade.

Rockhold começou a dar nas vistas no extinto Strikeforce, onde em 2011 alcançou o título de peso médio após vencer o até então campeão Ronaldo “Jacaré” Souza durante uma demonstração de vasta superioridade em 5 cinco rounds.

Após a dona do UFC, Zuffa, ter adquirido o Strikeforce, parte do seu “roster” foi absorvido no Ultimate, onde se incluía Luke Rockhold.

Com uma entrada em falso no UFC ao ser derrotado por KO face a um Vitor Belfort turbinado pela infame terapia de reposição de testosterona,

Luke viu-se obrigado a dar um passo atrás e após alcançar cinco triunfos consecutivos enfrentou Chris Weidman pelo cinturão acabando por vencer através de um TKO.

Quando se esperava o início de uma nova dinastia na frente das 185 lbs eis que sua última luta e primeira defesa de título acaba por perder surpreendentemente por KO

o cinturão para um Michael Bisping chamado à última hora para substituir Chris Weidman naquilo que seria uma revanche do combate de título anterior.

Assumindo posteriormente ter encarado Bisping de forma displicente uma vez que já tinha vencido o mesmo com alguma facilidade num combate anterior,

Rockhold entrou numa espécie de hiato enquanto procurava ver de que forma se desenvolvia a divisão, afirmando que não queria combater sem garantia de um acesso a curto prazo a uma nova disputa de cinturão.

Enquanto a frente da divisão se mantém algo “confusa” com um campeão e um campeão interino que aparentemente não se vão enfrentar tão cedo,

é chegada a hora de Rockhold voltar à atividade de forma a se manter relevante.

Rockhold é um verdadeiro espécime físico daquilo que é um lutador de MMA. Dentro do seu 1,91m é absolutamente um dos maiores e mais fortes pesos-médios em atividade.

Apoiado na sua envergadura possuí um striking de meter respeito, especialmente aquele pontapé de assinatura canhoto ao fígado. O seu chão é igualmente mortífero,

seja no “ground n’ pound” onde privilegia o uso dos cotevelos, seja através de submissões rápidas e traiçoeiras, com destaque para o “mata-leão”.

David Branch de 35 anos tem talvez aqui nesta luta a oportunidade mais importante da sua carreira.

A viver uma segunda oportunidade no UFC após ter sido cortado da organização em 2011, desde aí Branch compilou um cartel de 13 vitórias em 14 lutas, com o último triunfo já de novo dentro do UFC frente a Krzysztof Jotko.

Durante esse período de seis anos Branch fez nome dentro do WSOF (World Series of Fighting) onde venceu e deteve simultaneamente o cinturão de peso-médio e peso-meio pesado da organização.

A única derrota foi sofrida por decisão frente ao ex-desafiante do cinturão de meio pesado do UFC, Anthony “Rumble” Johnson.

Branch é um lutador que se destaca igualmente pela excelente moldura física com 1,85 m de altura e uns incríveis 2,01 m de envergadura, muito úteis para o seu jogo de boxe como para as tentativas de “takedown”.

David Branch possui uma faixa preta de BJJ através de Renzo Gracie e isso por si só já é um indicador de quão afiado é o “grappling” de Branch.

Já no “stand-up”, apesar da envergadura não tem um striking do mais fluído e límpido, mas aguenta-se e defende-se bem, apoiado no queixo resistente e duro.

A disparidade das odds deste combate não refletem de todo o valor dos lutadores. Rockhold é favorito, mas o combate não deverá ser tão fácil como as possibilidades aparentam.

Ter sido campeão de duas divisões no WSOF é um cartão de visita já por si suficiente para demontrar o valor de Branch e se bem que o valor do WSOF não é nem pouco mais ou menos o mesmo do UFC,

basta lembrar o que Justin Gaethje, ex-campeão peso-leve do WSOF fez a Michael Johnson quando chegou ao UFC.

Dito isto, este é um combate onde apenas concebo a vitória de Rockhold porque pura e simplesmente é superior a Branch a todos os níveis de combate.

Palpites e Dicas de Apostas Luke Rockhold vs David Branch – UFC:

O maior defeito de Rockhold, e aquele que lhe tem causado mais dissabores, nem é na minha opinião algo físico,

mais sim a sua sobranceria e a forma por vezes algo “snob” com que encara as lutas. Foi isso que ajudou que perdesse com Belfort

e foi totalmente isso que o fez perder o cinturão para um inferior Michael Bisping em Junho do ano passado.

Branch é um lutador físico que vai procurar tornar a luta “suja” com muito clinch e wrestling à mistura e isso poderá atrasar, mas não evitar na minha opinião a vitória de Rockhold.

O californiano já enfrentou ”grapplers” de topo como Jacaré ou Tim Kennedy e a verdade é que sempre o fez com distinção.

Com cinco rounds de cinco minutos à disposição vejo um Rockhold na sua habitual calma a escolher os golpes e a desgastar Branch no processo,

vencendo por TKO ou submissão na segunda metade do combate.

Prognóstico para Apostas Odd Un Casa de Apostas Estado
Rockhold a vencer por finalização (KO, TKO, DQ ou Submissão)
1.60
10
Bet365 Ganha

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa Forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.