Após meia década de protagonismo no futebol brasileiro, o Palmeiras se encontra em um momento de declínio. Parceria milionária instável, grupo enfraquecido, e baixo desempenho técnico, que inclusive, obrigaram a ter mudança no comando técnico.

O PALMEIRAS NÃO LEMBRA COMO É A VIDA SEM PATROCÍNIO

Nos últimos anos, o Palmeiras se tornou um dos clubes mais bem estruturados financeiramente do futebol brasileiro. Esta ótima condição, se deu por uma parceria que inicialmente lhe renderia milhões em investimentos.

Não se pode negar que a relação entre Palmeiras e Crefisa, tenha gerado retorno técnico. O forte início em investimento dentro do clube rendeu títulos nacionais, como o Campeonato Brasileiro e também na Copa do Brasil.

Desde 2015 o clube alviverde vive uma ascensão dentro do cenário nacional, se tratando de desempenho dentro de campo. A cada temporada a parceira adicionava mais dinheiro para fazer do Palmeiras o elenco mais forte do país.

O que poderia ser um “simples” patrocínio da marca exposta nos materiais do clube, virou uma relação mais estreita. A parceira entrou diretamente na compra de jogadores para o clube, e a partir daí, tudo mudou.

Não existe santo no futebol, ninguém entra em um negócio para perder dinheiro e ninguém faz boa ação sem esperar uma contrapartida. A Crefisa não investiu no futebol do Palmeiras sem esperar algum retorno.

Embora títulos que fizeram bem ao clube, este investimento em atletas caros precisava ser reembolsado, e essa conta está sendo cobrada.

Inicialmente, o valor gasto com os jogadores seria de risco da empresa. Se o jogador fosse vendido por um valor menor do que aquele gasto na sua contratação, a patrocinadora arcaria com o prejuízo, e se este fosse vendido por um valor maior do que o gasto
inicialmente, o lucro líquido ficaria com o clube e a empresa teria apenas o seu investimento ressarcido.

O PALMEIRAS NÃO LEMBRA COMO É A VIDA SEM PATROCÍNIO

Este acordo teve de ser desfeito, e foi determinado pela Receita Federal, que o Palmeiras deveria devolver todo o valor investido pela patrocinadora, pois se tratava de um empréstimo. O clube deveria assumir os riscos integralmente ainda este valor sendo corrigido anualmente estaria exposto a juros.

A dívida então foi crescendo. Chegou a mais de 170 milhões, que fez com que a parceira fosse diminuindo o investimento no clube em relação a contratações diretas. Para piorar o clube foi vendendo os jogadores mas caros, para amortizar a dívida, porém, o grupo de jogadores foi ficando cada vez mais escasso.

A ESFERA POLÍTICA TAMBÉM ENTRA NA PAUTA

Essa relação não se limita ao departamento de futebol e contratações. A patrocinadora, representada na sua figura principal, Leila Pereira, se meteu na conturbada política do Palmeiras.

Leila deve se candidatar a presidência do clube em 2022. Segundo a mesma, o objetivo é levar o Palmeiras de volta ao título da Copa Libertadores.

É óbvio que isso acabaria tendo consequências políticas dentro do clube. A oposição já faz pressão e críticas ao modelo de parceria do Palmeiras, já antevendo os embates do dos próximos anos.

O forte investimento da empresa se dá pela relação política e técnica. Fica claro que, o alto investimento feito dentro do Palmeiras pode chegar ao fim com uma simples perda de disputa política, em breve.

DESMANCHE MILIONÁRIO

O alto aporte financeiro que a empresa dá ao clube, ainda coloca essa relação em crédito com o torcedor. No entanto este ano de 2020 vem colocando em dúvida esta situação.

O Palmeiras precisa assumir todos os riscos de contratações mais caras. A decisão de nesta temporada os gastos de clube/empresa serem mais escassos, fizeram com que o alviverde tivesse que se desfazer de muitos jogadores, e enfraqueceu o seu elenco.

Ao total foram quase 200 milhões em vendas nesta temporada, e somente no último semestre, a conta chegou a casa de 100 milhões. Agora o Palmeiras conta com um grupo de jogadores de 25 atletas, destes, 3 são goleiros.

Nesta última meia década, a forte e vencedora base palmeirense não foi utilizada da melhor maneira. Muitos jogadores, inclusive, não tendo chances no elenco profissional, que estava inchado de jogadores veteranos caros.

Do grupo principal, 7 jogadores são das categorias de base. O Palmeiras precisou recorrer novamente às suas origens, e utilizar atletas mais jovens. Nos últimos jogos o Palmeiras sequer conseguiu ter um banco de reservas completo.

Recentemente, o ex-técnico Vanderlei Luxemburgo chegou a reclamar da escassez de opções do grupo palmeirense, gerando polêmica e críticas da imprensa e torcida.

O Palmeiras vai caindo na tabela de classificação. Se até poucas rodadas atrás, o time ainda estava invicto, hoje enfrenta uma crise técnica e política. A parceria milionária neste momento não está se fazendo presente e o clube segue em declínio.

A culpa não é dá patrocinadora e sim daqueles que administram os clubes brasileiros. Se apoiam na condição de ganhar jogadores caros e não fomentam o desenvolvimento interno do clube.

O Palmeiras esqueceu de ser Palmeiras, gerando novos jogadores com retorno técnico de sua base. Hoje vive no aperto, porque não tem mais a abundância de anos anteriores. Usou a parceria de muletas, e hoje paga por isso.

DESEMPENHO TÉCNICO DECEPCIONANTE E TREINADOR DEMITIDO

Ano após ano, essa solidez do Palmeiras como protagonista do futebol brasileiro, vai se enfraquecendo. Embora um clube ainda com poder aquisitivo interessante, não se coloca entre aqueles que melhor atua no Brasil.

Sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras não conseguiu ter um bom futebol. Contratado ao final de 2019, Luxemburgo voltava ao clube para o colocar em um melhor patamar ofensivo.

Durante toda a temporada não foi o que se viu. Um time pragmático, se apoiando em lampejos de individualidades, e pouco envolvente coletivamente. O treinador teria a missão de se adequar à nova realidade do Palmeiras e sua relação menos abundante com a parceira.

Abrir mão de medalhões e apostar mais em jovens da base. O clube conseguiu lançar alguns bons nomes, mas Luxemburgo não conseguia dar um aspecto competitivo a este time.

Até 3 rodadas atrás, o Palmeiras era o único invicto do campeonato. Porém, muitos tratavam os números como mentirosos, maquiando a falta de efetividade do time alviverde. Com 3 derrotas seguidas, a mais dolorida no clássico com o São Paulo, Luxemburgo já não tinha respaldo para permanecer.

Vanderlei conquistou o torneio amistoso da Flórida, no início da temporada, e o Campeonato Paulista, em agosto, sobre o rival Corinthians. Mesmo com o título estadual, críticas em relação ao péssimo futebol, e mesmo com 20 jogos de invencibilidade, não foi suficiente para dar crédito ao experiente comandante.

O Palmeiras segue ladeira abaixo no campeonato, e aos poucos vai abandonando a chance de disputar o título. Com o grupo escasso, com guerra política, falta de investimento, e agora a procura de um novo treinador.

Ninguém chegará para fazer milagre, e até um novo trabalho ganhar sequência, muitas rodadas se passaram. O alviverde terá que focar nas copas, e mesmo assim, o cenário não é nada animador.

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Chat do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Casas de Apostas
Rivalo

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 777 reais.

1xBET

Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120

BET365

O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.

BETFAIR

Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200

22BET

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.

BETBORO

Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.

NETBET

Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais

BETWAY

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.