A semifinal da conferência Oeste já começou, e está pegando fogo! Quem passa para a final? Teremos clássico de Los Angeles, ou Denver e Houston podem atravessar o caminho?

LOS ANGELES LAKERS X HOUSTON ROCKETS

O Los Angeles Lakers terminou liderando a classificação da conferência Oeste na fase regular, e logo de cara enfrentou uma equipe indigesta. O Portland Trail Blazers chegava onfire, cheio de confiança, fazendo jogos incríveis, e liderados por Damian Lillard.

Aí chegamos no ponto onde acho importante. O primeiro jogo diante do Portland, foi a mesma coisa diante do Houston. O Lakers perdeu, um jogo muito lento, intensidade baixa, e sofrendo muito na defesa.

A segunda partida o cenário também se repetiu. Um jogo sem bola mais intenso, capacidade de contestar os tiros do perímetro, uma transição rápida, e principalmente, um forte jogo no garrafão.

Assim como perdeu para Blazers, perdeu para Rockets, venceu ambos no segundo jogo, e o seu modelo se impõe. Com um Anthony Davis dominante no garrafão, LeBron James além de distribuir o jogo, muito forte para infiltração, além de jogadores mais participativos, principalmente na defesa.

Destaque do Lakers

LeBron James (sem dúvida), mas muito protagonismo para Anthony Davis. Diante de uma equipe mais de mobilidade, e um garrafão não tão forte (assim como diante do Portland), o camisa 3 será fundamental.

Já o Houston Rockets, passou por uma série difícil, decidia no jogo 7, diante do Oklahoma. Após abrir 2-0, permitiu o empate, e tudo se decidiu no último jogo por uma diferença de 2 pontos.

LOS ANGELES LAKERS X HOUSTON ROCKETS

Os pontos fortes continuam claros. Tinha um time muito mais técnico do que o adversário, jogo intenso, mas sem a bola deixa a desejar em uma série longa. Defende muito melhor que na fase regular, mas depende muito da sua bola longa, e quando ela não cai, apanha.

Diante do Lakers foi claro. Muito chute do perímetro, defendeu muito intensamente no jogo 1, perdeu gás no jogo 2, mas o tiro de 3 pontos o manteve no jogo.

Os 2 primeiros quartos da segunda partida, chegou a ter uma desvantagem de 25 pontos, pulverizada no terceiro período, justamente por uma defesa mais intensa e as bolas longas caindo.

Em uma série longa, isso tende a não dar certo.

Destaque do Rockets: James Harden. O Barba consegue ser muito bom no perímetro, onde é o jogo do Houston. Além disso, tem se mostrado um bom passador quando existe marcação dupla em si, liberando os outros jogadores.

Quem passa para a final?

Lakers! Em uma série longa, uma defesa mais bem montada, forte garrafão, devem fazer a diferença, assim como na fase anterior.

Rockets depende muito dos tiros longos, e no jogo 2, muitas vezes o Lakers soube contestar esse recurso, colocando uma defesa mais móvel. Chuto um 4-1 para LA!

Palpites NBA: Ficar de olho nas vitórias do Lakers, e pontuação individual de jogadores chaves como Davis e Harden.

LOS ANGELES CLIPPERS X DENVER NUGGETS

O Clippers veio para esta temporada como um dos fortes candidatos ao título. Montou um grupo repleto de boas opções, um jogo coletivo muito forte, e trouxe duas estrelas: Kawhi Leonard e Paul George.

A segunda melhor campanha do lado oeste pareceu ingrata, pois já na primeira fase de playoffs teve de enfrentar o Dallas Mavericks de Luka Doncic.

A série foi formidável, altas pontuações, chegando a ficar empatada em 2-2, quando na reta final, Doncic perdeu a parceria de Porzings, e o Dallas além de defender menos, perdeu um grande pontuador.

O Clippers tem um jogo bem variado, jogadores com boa capacidade de chutes de 3 pontos, como Paul George, infiltração e chutes de média distância fortíssimos com Kawhi, e ainda tem um garrafão forte com Zubac, Harrell, e ainda Lou Williams vindo do banco, que seria titular em quase todos os times da liga.

Uma das melhores campanhas ofensivas da liga, e defende muito bem. Consegue contestar bem arremessos de média distância, e muito bom nos rebotes. O tiro longo é o seu ponto mais fraco, e isso que o Denver usará.

Destaque do Clippers

Obviamente Kawhi Leonard. O camisa 2 defende muito bem, ajuda em uma transição rápida, e é o maior pontuador do time.

O Denver chega mais cansado para esta série, após precisar ir até o jogo 7 diante do Utah Jazz. Imaginava um jogo sem bola mais qualificado do Nuggets, o que não apareceu diante do Jazz.

O time de Utah fez grandes pontuações ao longo da série, fazendo com que Denver se adaptasse ao jogo mais corrido, ao invés de uma partida mais de marcação. Donovan Mitchell castigou a defesa do Denver, com um misto de infiltrações agressivas, e bolas longas.

O Nuggets respondeu com Jamal Murray em forma espetacular. O camisa 27 assumiu o protagonismo da equipe, muito intenso, quente nas bolas de 3 pontos, e quase imparável nas suas infiltrações no garrafão.

No primeiro jogo, mais uma vez não conseguiu parar um jogo ofensivo mais forte do Clippers, assim como na série anterior. Já na segunda partida, teve de utilizar bem as bolas longas para entrar no jogo, com destaque para Nikola Jokic. Jamal Murray também foi fantástico, e a série se encontra empatada.

Para ter vida longa na série, e ter chance de ir para a final, deve manter uma defesa intensa, um garrafão forte, e onfire no perímetro.

Destaque do Nuggets: A dupla Jokjc e Murray segue quente. Dois jogadores de boas características, enquanto Jokic sabem bem se virar num garrafão forte e bem marcado, também atua bem na bola longa, como mostrou no jogo 2. Murray deve repetir as atuações contra o Jazz, mas agora melhor marcado.

Quem passa para a final?

Aposto todas as minhas fichas no Clippers. O Denver é um grande adversário, mas se bem marcado, perde muito em poder de fogo. O LA tem um elenco melhor, tem mais opções de mudança de estilo de jogo, além de mais jogadores capazes de decidir.

Gosto das linhas de pontos para esse confronto, pontos individuais de jogadores como Leonard, George e Murray

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Chat do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Casas de Apostas
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 777 reais.
5,0 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120
5,0 rating
O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.
3,5 rating
Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200
4,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.
3,5 rating
Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.
4,0 rating
Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais
3,8 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.