No início da tarde desta quarta-feira, dia 25 de novembro de 2020, nos deixa um dos maiores jogadores de futebol de toda a história. Diego Armando Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória, e falece aos 60 anos de idade.

OS ÚLTIMOS (E TRISTES) DIAS DE MARADONA

Diego Armando Maradona nunca foi um exemplo de pessoa cuidadosa consigo mesma. É triste, mas os últimos momentos de um dos maiores ídolos do esporte foram de apreensão e tristeza.

Há poucas semanas, Maradona dava entrada no hospital e teve de ser operado às pressas, devido a um hematoma no cérebro. Naquele momento, o ídolo argentino arrastava milhares de fãs para orações, que felizmente deram certo.

O craque passou pelo mais difícil, mas se manteve hospitalizado, por decisão da família. Segundo informações, Maradona ainda apresentava um quadro de anemia e desidratação, além de uma queda anímica.

Ainda, Maradona passava por um processo de abstinência, pelo consumo excessivo de álcool. Aliás, quando foi hospitalizado, jornais argentinos tratavam a situação de Maradona como caótica. Um quadro de depressão, onde abusava de bebida alcoólica, e muitos remédios.

Maradona foi para sua casa, na cidade de Tigre, vizinha a Buenos Aires. Foi na sua residência que sofreu a parada cardiorrespiratória, e veio a óbito. A confirmação veio através de seu biógrafo, e noticiada nos jornais da Argentina.

Morre Diego Maradona um dos maiores da história

MARADONA – EL PIBE DE ORO

Desde menino, Diego Armando Maradona já era tratado como um verdadeiro craque. Ainda aos 16 anos, era cotado para ir à Copa do Mundo de 1978, mas não foi desta vez onde levou os fãs ao delírio.

Estreou na seleção argentina em 1977, mas ficou na lista de suplentes para a Copa do ano seguinte. Em 1979, ganhou o título mundial sub-20, e já era tido como o gênio Maradona.

Em 82, já como jogador do Barcelona, Maradona estreava em Copa do Mundo, e marcou seus primeiros gols. Não passou da segunda fase. Deus estava guardando algo ainda mais grandiosos para o pibe.

Foi 4 anos mais tarde, na Copa do Mundo de 1986, onde Maradona carregou a seleção argentina nas costas, para dar ao seu povo o bicampeonato mundial. Diante da Inglaterra, na primeira partida entre ambos após a Guerra das Malvinas, e um ambiente totalmente tenso na partida, Maradona entrou para a história.

Fez um gol antológico, driblando praticamente todo o time inglês, inclusive o goleiro. E ainda, fez o famoso gol de mão, apelidado como La mano de Diós!

Em 1990, mesmo que sem levantar a taça, mais uma campanha extraordinária. Eliminou o Brasil nas oitavas, com assistência ao gol de Caniggia, e participou da jogada que eliminou a Itália nas semifinais.

Maradona disse ter sido seu maior feito, na época, ao eliminar os italianos. Na oportunidade, Maradona um ídolo do Napoli, entrava em conflito com os italianos que o odiavam. Maradona ainda incentivou que os torcedores do Napoli torcessem pelo seu ídolo, angariando ainda mais a raiva do resto da Itália.

DO ARGENTINOS JÚNIORS AO NAPOLI – A ASCENÇÃO DO ÍDOLO

Maradona era reconhecido como um talento nato desde seus 9 anos. Ingressou no Argentinos Juniors, clube pequeno da capital, para se formar nas categorias de base.

Com 15 anos já encantava os torcedores no seu clube, e despertava a atenção de gigantes argentinos, e seleção nacional. Ainda pelo clube, foi convocado pela primeira vez para a seleção, aos 17 anos.

Em 1978 foi artilheiro do campeonato argentino, e no ano seguinte, repetiu a dose, e ainda foi artilheiro do campeonato metropolitano, que reunia os grandes da capital. Em 1980, o gênio Maradona repetiu a dose, e foi novamente artilheiro de ambos os campeonatos.

O Boca Juniors resolveu investir no jovem gênio. Em 1980 transferiu-se para seu clube do coração, e levou 65 mil pessoas para vê-lo na Bombonera. Pela equipe foi campeão do campeonato metropolitano (mais valorizado que o campeonato argentino na época), em 1981.

Pouco antes da Copa do Mundo de 1982, Maradona foi vendido ao Barcelona em uma transferência milionária para a época. Um custo total de 7 milhões de dólares aos catalães.

O Baça vivia à sombra do Real Madrid, e por 3 décadas não era soberano no país. Maradona deu o primeiro título ao Barcelona em 83, quando decidiu a Copa do Rei, sendo aplaudido de pé pela torcida do Real Madrid.

Na mesma temporada, o craque ainda conquistaria a Supercopa da Espanha. Seus momentos no Barça foram de altos e baixos, e após receber uma suspensão de 3 meses (após uma briga generalizada em campo), a diretoria decide vendê-lo ao Napoli.

Na época, o Napoli era considerado um time pequeno, embora tradicional. Após ser reverenciado, e aclamado como o maior do planeta, foi na temporada 86-87 que Maradona deu ao Napoli o primeiro título italiano do clube.

Na temporada seguinte, o argentino seria o artilheiro da Serie A italiana. Na temporada 88-89, Maradona e Napoli ficam com o vice-campeonato nacional, mas ganham o primeiro título continental da história do clube. A Copa da UEFA foi conquistada diante do Stuttgart, após passar por Bayern e Juventus.

Na temporada 89-90, Maradona conduz o Napoli ao segundo título do campeonato italiano. Além disso, levanta o troféu da Supercopa da Itália. Em 90 na Copa, Maradona pediu que seus fãs italianos torcessem contra a própria seleção.

Na oportunidade, o presidente da federação italiana, teve que vir a público e pedir que os torcedores torcessem pela azzurra. Foi na oportunidade que Maradona aumentou sua idolatria em Nápoles, e seu ódio no resto do país.

ALGUNS PRÊMIOS INDIVIDUAIS DO CRAQUE

Os feitos de Maradona são extremamente extensos. Listo abaixo alguns dos muitos que o pibe de oro conquistou ao longo da carreira.

  •  Artilheiro do campeonato metropolitano: 78,79,80
  •  Artilheiro do campeonato argentino: 79,80
  •  Artilheiro campeonato italiano: 88
  •  Artilheiro Copa da Itália: 88
  •  Bola de Ouro da Copa do Mundo: 86
  •  All-Star Team da Copa do Mundo: 86,90
  •  Melhor jogador do mundo: 86
  •  Melhor jogador sul-americano: 79,80
  •  Time dos Sonhos da FIFA: 2002
  •  Maior jogador da história das Copas (The Times): 2010
  •  Melhor jogador da história (Gazzetta delo Sport): 2012
  •  Seleção argentina de todos os tempos (AFA): 2016

Maradona ainda teve participações como treinador em clubes, e seu ponto alto foi ter sido comandante da seleção argentina.

Todos sabemos que além de tantos pontos altos, Maradona teve pontos baixos, e que não precisamos aqui citar. Maradona foi um gênio, e aqui será lembrado como um dos maiores da história.

Maradona deixa um legado para o futebol mundial, e um país em prantos. Descanse em paz, Diego Armando Maradona.

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Canal do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Melhores Casas de Apostas
3,3 rating
Aposta Grátis de 30$ mais um bônus de 100% até um máximo de 40 dólares.
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 1000 reais.
3,3 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 200 Reais, mais Freebet de 50 Reais.
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 650 reais.
3,3 rating
Não tem bônus de Boas vindas para a apostas esportivas online.
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 150% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 150 reais.
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.
4,0 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.
3,3 rating
Bônus de 100% sobre o valor do seu depósito até um máximo de 200 reais.
Código Promocional para aceder ao Bônus: BR200
3,3 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 777 reais.
5,0 rating
Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120
5,0 rating
O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.
3,3 rating
Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200
3,5 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.
3,8 rating
Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais
3,5 rating
O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.