PALPITES E DICAS DE APOSTAS ESPORTIVAS BRASIL


Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Semana tensa e decisiva no Campeonato Carioca

O Campeonato Carioca, neste final de semana, teve a definição dos semi-finalistas da Taça Rio, que é o segundo turno da competição.

Entre as atrações, um clássico movimentado entre Flamengo e Fluminense, um time do Vasco novamente vaiado e a eliminação precoce do Botafogo.

Campeonato Carioca: A decepção chamada Botafogo

Parece duro com o time alvinegro chama-lo de decepção, sendo que nem chegamos em abril ainda.

Mas tenho certeza que os botafoguenses compartilham também deste sentimento. O time que vinha com o status de atual campeão, sequer conseguiu se classificar para os playoffs do turno.

A decepção chamada Botafogo

Na Taça Guanabara (1° turno) ficou na penúltima colocação do grupo, e na Taça Rio (2° turno) ficou em 4°, 5 pontos atrás do rival Flamengo.

A equipe passa por uma fase tenebrosa como instituição, pouco relevante no cenário nacional na busca de grandes títulos, e afunda até em um campeonato que força o confronto dos 4 grandes do estado.

O time não venceu um clássico sequer, somou apenas 13 pontos em 33 possíveis, e não conseguiu ser superior a equipes que não estão nem nas primeiras divisões do futebol nacional.

Botafogo nos Estaduais 2019:
• 11 jogos
• 13 pontos
• 3 vitórias
• 4 empates
• 4 derrotas
• 15 gols pró
• 13 gols contra
• 39,4% de aproveitamento

“Iniciamos um planejamento focados nas três competições (Carioca, Copa Sul Americana e Copa do Brasil). Tínhamos que dar atenção maior às duas copas, conseguimos nosso objetivo nelas, mas não justifica não termos chegado à fase decisiva do Campeonato Carioca.”

Zé Ricardo, treinador do Botafogo.

O time botafoguense agora terá tempo para trabalhar e juntar os cacos, poucos compromissos até o início do Brasileirão.

Não acredito em uma mudança drástica, não há dinheiro para isso, e sendo assim, infelizmente creio que mais um ano o título desse grande clube é se manter na primeira divisão, sem alçar voos mais altos.

Flamengo x Fluminense: Da prévia no domingo para a decisão na quarta

Flamengo e Fluminense fizeram mais uma edição do clássico Fla-Flu, neste domingo, no Maracanã.

Em jogo marcado pela opção do Fluminense em escalar um time reserva, e o Flamengo que tinha o jogo na mão, quase entregou no final!

Na prática quem precisava do resultado era o Flamengo, que tinha de vencer para não correr o risco de não avançar. Sendo assim, força máxima para o jogo, e a estratégia deu certo.

Aos 13 minutos da segunda etapa já construía um placar de 3-0, que parecia definitivo aquela altura. Mas os reservas do Fluminense em 7 minutos fizeram 2 gols, e provaram que o desequilíbrio técnico entre ambos, não está tão alto assim.

Nesta quarta-feira, às 21:30h, os times voltam a se enfrentar, e quem perder está fora da competição, um empate leva a decisão aos pênaltis.

Campeonato Carioca: Flamengo: Favoritismo e expectativa por uma revanche

Não temos como negar que o Flamengo hoje é a maior potência do futebol carioca. Maior renda, mais investimento, mais opções de qualidade.

É inegável também, que o time perdeu apenas um único jogo até aqui na temporada, e embora algumas atuações sem tanto brilho, os resultados aparecem, principalmente pela qualidade individual desse elenco.

Flamengo

A única derrota foi justamente pro Fluminense (1-0), na semi-final do primeiro turno, onde foi um jogo extremamente duro, faltoso (12 cartões amarelos), um clima de quase guerra, e um gol aos 93 minutos.

A expectativa agora é de eliminar o rival, e aproveitar a grande fase da dupla de ataque Bruno Henrique e Gabriel. Os autores dos gols do clássico, estão onfire, Gabriel já soma 8 gols na temporada e Bruno Henrique com os 2 que marcou domingo, chegou a 6.

Fluminense: Força máxima para avançar a final

A opção de entrar em campo no Fla-Flu deste domingo com os reservas, pode ser vista de várias formas, e admito que acho uma atitude inteligente.

Quem precisava do resultado era o Flamengo, entrar com os titulares não traria nada de proveitoso ao time tricolor.

O sentimento foi de vitória, os reservas deram trabalho, tiveram bom volume de jogo, chegaram bem a frente, perderam chances importantes, e quase empataram o jogo.

E melhor: criaram enorme dificuldade aos titulares do Flamengo, e a questão física pode pesar agora na quarta-feira.

O técnico Fernando Diniz agora deve levar força máxima, em um time que vem evoluindo consideravelmente, nas últimas partidas.

O treinador é adepto de um futebol ofensivo, vertical, mas não acredito que o fará diante do Flamengo e todo seu repertório de ataque.

A tendência é igualar o jogo pelo lado bruto, força e marcação, aliados a um contra-ataque rápido e eficaz, devem ser as armas tricolores.

Nos grandes jogos o time não vem conseguindo ter bons resultados, em 5 clássicos no ano, venceu apenas um, justamente diante do Flamengo, na semi-final da Taça Guanabara.

Fluminense

Mudar a única estratégia que funcionou, me parece um erro, e pelo fato de dar descanso ao time titular, não acredito que o fará.

Para este confronto, a minha expectativa é que seja mais parecido com o primeiro clássico, onde houve quase uma guerra campal, do que como no domingo, que parecia um jogo de video game, com chances empilhadas de ambos os lados.

É jogo decisivo, e a favor do Fluminense só vejo um tempo maior de descanso, pois vejo no time flamenguista o momento favorável do seu sistema ofensivo, do maior leque de opções pra montar seu time e mudar um jogo amarrado.

No primeiro turno o Flamengo ainda não tinha encaixado, Abel recém chegado, e o Fluminense nivelou o jogo por baixo.

Agora acredito que o ritmo de jogo e a maior qualidade prevalecerão, e a vitória do Flamengo acho que tem valor com o AH 0 a 1.75 na 1xbet.

O pequeno Bangu na tentativa de matar gigantes

É muito claro que a tentativa da Federação Carioca é montar um regulamento que força os quatro grandes do estado a irem às finais.

Isso dá audiência, que trás dinheiro, que acaba valorizando o campeonato que ela organiza. Mas ela não contava com o fracasso botafoguense e a espetacular campanha do Bangu no segundo turno.

A equipe que inclusive ficou de fora dos playoffs no primeiro turno, fez uma campanha quase impecável. Sua única derrota foi pro Fluminense (2-0), a partir daí 5 vitórias.

Na sequência foram 9 gols marcados, e encerrando com uma virada sobre o próprio Vasco da Gama, em pleno são Januário, por 2-1.

Foi um jogo em que o Bangu não optou apenas em se defender, consegue ser um time perigoso, principalmente pela irregularidade do Vasco.

Pra essa partida a tendência é que se mantenha da mesma forma, uma marcação forte, não tão baixa, na expectativa do erro do Vasco, que convenhamos, acontece com certa frequência.

Um criticado Vasco em busca da final

Pelo nome, pela camisa e pelo hábito de atribuirmos favoritismo exacerbado aos grandes, podemos colocar o Vasco com boas chances de avançar.

Por outro lado, pela fase que vem vivendo, pelos desempenhos demonstrados dentro de campo, e pelo clima de cobrança que vem caindo sobre jogadores e comissão técnica, podemos dar um voto de confiança ao Bangu.

O Vasco foi campeão foi primeiro turno, é verdade, mas quem vê seus jogos, percebe a quantidade de erros que esse time comete.

A equipe esbarra na falta de peças pra mudar o jogo, embora viesse conquistado os resultados, essa dificuldade vem se mostrando cada vez maior nos últimos jogos.

Vasco

Além da derrota pro Bangu, perdeu recentemente pra Cabofriense, e na última partida escancarou a desorganização quando enfrenta uma defesa bem montada.

Os números não são ruins, mas os adversários enfrentados pelo Vasco são fracos, e o time não mostra na prática, um domínio claro sobre os pequenos.

A torcida já percebeu isso, o técnico Alberto Valentim sofre com vais constantemente, e mesmo que tenha conquistado o primeiro turno, vai pressionado por uma vitória, e principalmente, por uma boa atuação, que não vem faz tempo.

Não vejo um nível técnico muito maior por parte do Vasco, embora ainda entre como favorito, não me parece ter valor uma odd de vitória pré-live.

Me parece que esse jogo terá como roteiro o mesmo que o deste final de semana, um time vascaíno atacando desorganizadamente, mas com posse e domínio passivo.

Por outro lado o Bangu tende a ser reativo, e nisso pode ser muito perigoso ao Vasco, que tende a ser muito desorganizado nas suas transições defensivas.

É um jogo pra gols, acredito que ambos os times possam marcar, e um HC alto em favor do time do Bangu me parece uma boa pedida também. O AH +1 a favor do Bangu a 1.59 tem valor na Bet365.

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa Forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.
Telegram Apostaganha
1xbet- 500 Reais de Bônus
Bet365 - 200 Reais de Bônus