Palpites e Dicas de Apostas Esportivas Brasil e Bônus das Casas de Apostas

Rogério Ceni é o novo técnico do Cruzeiro

Com a demissão recente de Mano Menezes, o Cruzeiro estava no mercado atrás de um novo comandante. Entre especulações de nomes mais experientes na função, surgiu Rogério Ceni, de grande passagem no Fortaleza. O novo treinador chega com o desafio de salvar a equipe do fracasso total em 2019.

A curta e intensa carreira de Rogério Ceni como treinador

A carreira de Rogério Ceni no futebol, como jogador, é simplesmente fantástica. Ídolo máximo do São Paulo, multicampeão, e um líder dentro e fora de campo. Sua condição dentro do clube paulista, rapidamente o levou ao comando da equipe, assim que se aposentou.

Rogério Ceni é o novo técnico do Cruzeiro

Seu primeiro grande teste como treinador foi um fracasso total. Foi um período curto, de apenas 35 partidas, com 14 vitórias, 11 empates e 10 derrotas, acumulando 3 eliminações: Campeonato Paulista, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

Pelo desempenho ruim, pouca experiência ainda na função, e tentando não arranhar sua imagem como ídolo do clube, Ceni foi demitido do São Paulo. Foi aí que surgiu o Fortaleza, que estava na Série B, e precisava de um treinador novo e com pensamentos mais modernos.

O casamento entre clube e treinador foi o melhor possível, dado suas condições. O Fortaleza foi campeão da Série B do Campeonato Brasileiro em 2018, praticando um futebol agressivo, dinâmico, e com um padrão tático surpreendente, para um comandante recém promovido à função.

O título da segunda divisão abriu as portas para Ceni no futebol nacional.

Em 2019 já haviam clubes da elite interessados no seu trabalho, que ainda teve mais dois títulos: a Copa do Nordeste, e o Campeonato Cearense, conquistado sobre o Ceará, arquirrival do Fortaleza.

Seu maior desafio era no Campeonato Brasileiro Série A, um outro patamar ao Fortaleza, e sua missão era manter a equipe longe da zona de rebaixamento.

fortaleza

Até a 14ª rodada, seu desempenho foi condizente com as expectativas: a equipe está na 14ª posição, com 14 pontos, se mantinha como uma equipe equilibrada, que tinha um bom padrão de jogo, um forte mando de campo, e conseguia impor dificuldades aos maiores clubes do país.

Rogério Ceni teve uma valorização absurda no comando do Fortaleza, e agora, como treinador do Cruzeiro, tem o desafio de manter o seu desempenho em meio à bagunça que hoje está o clube mineiro.

O que Ceni vai encontrar no Cruzeiro?

Rogério Ceni não se atirou na primeira proposta de deixar o Fortaleza. Antes de acertar com o Cruzeiro, haviam notícias de interesse até mesmo do rival, o Atlético-MG.

A ideia do treinador era manter uma linha ascendente na sua carreira, e o trabalho desenvolvido no clube nordestino vinha valorizando sua trajetória. Foi aí que o Cruzeiro conseguiu seduzir o treinador, com uma proposta audaciosa, porém, perigosa.

Rogério chega para assumir o lugar de Mano Menezes, atual bicampeão da Copa do Brasil com o clube mineiro, que era o técnico mais longevo do futebol brasileiro na atualidade.

mano menezes escuro

Mas o que Mano deixou nesse momento foi um time que venceu uma partida nos últimos 19 jogos oficiais, integrante da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, e precisando reverter uma derrota de 1-0 que teve em casa diante do Internacional, para avançar à final da Copa do Brasil.

Para encorpar ainda mais a situação tenebrosa do clube, vive um péssimo momento financeiro, com salários atrasados, processos na justiça e uma pressão enorme vinda das arquibancadas.

Rogério Ceni foi enfático ao dizer que este é um momento mágico de sua carreira.

Ainda, que chega em um clube que pode em poucas partidas ser campeão da Copa do Brasil, e que assume um trabalho brilhante deixado pelo seu antecessor.

Tudo isto é verdade, mas o seu trabalho precisa ser minucioso para mudar o panorama que vem sendo cada vez mais sólido no Cruzeiro: um time que não tem mais a intensidade que já teve, de muitos jogadores que não se pode mais chamar de jovens, de um pragmatismo ineficaz, e que pouco demonstra poder de reação.

Os treinadores de futebol sempre levantam a bandeira de que necessitam de um maior tempo de trabalho, de carreira mais sólida e estável dentro dos clubes.

Rogério Ceni tinha isso tudo no Fortaleza, mas decidiu quebrar o seu contrato e assumir um desafio maior.

Chega em um ambiente conturbado, instável e que pode lhe levar à glória, ou ao fracasso em mais um clube grande. Seu desafio é enorme, os frutos por um bom trabalho podem ser da mesma proporção, mas o perigo de afundar junto do time, também.

As casas de apostas ainda não confiam no novo comando. No próximo final de semana a equipe tem odds de 2.65 na 1xBet.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *