PALPITES E DICAS DE APOSTAS ESPORTIVAS BRASIL


Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Palpites e Dicas para Copa Sul Americana 28 a 30/05/2019

Semana para ficarmos de olho nos confrontos que definem os classificados para as oitavas-de-final da Copa Sul Americana. Entre os destaques temos os confrontos dos times brasileiros ainda na disputa, e um panorama geral da competição até aqui. Confira!

Atlético-MG sob pressão

Venho comentando seguidamente que as coisas no Atlético Mineiro vão do céu ao inferno rapidamente, e a inconstância dos seus resultados é proporcional a paciência da sua torcida.

No início do Campeonato Brasileiro, com uma série de bons resultados e brigando pelas primeiras posições, tudo corria tranquilamente na Cidade do Galo.

A sequência mais recente é de oscilações, e entre altos e baixos pelo nacional, agora precisa reverter um resultado que coloca uma pressão nesse momento de instabilidade.

A grande verdade é que o Atlético se auto sabotou. Não precisava o técnico Rodrigo Santana ter optado por um time tão descaracterizado na primeira partida diante do Unión La Calera, e a consequência foi uma derrota de 1-0 que deixa a equipe numa situação delicada.

A derrota diante do Grêmio foi preocupante, ao meu ver a equipe foi engolida na primeira etapa, e se segurava nas cordas, esperando o apito final.

Levou um gol logo no início do segundo tempo, quando entrou com uma proposta de jogo diferente. Conseguiu ser mais agressivo e perigoso, mas a falta de equilíbrio desse time é visível e gritante.

O alento para os atleticanos, é que mesmo numa fase de pouca solidez da equipe, ainda assim é melhor que os chilenos. Terá reforços importantes em relação ao primeiro jogo, e a diferença técnica pende e muito para o seu lado.

O técnico do time brasileiro promete um time agressivo, muito diferente da que se viu no Chile. A grande questão é se o time vai dar todo espaço que vem dando a qualquer adversário.

Ganhar por 1-0 leva aos pênaltis, sofrer um gol obriga a fazer 3, e hoje não os vejo com solidez defensiva alguma. Meu palpite é vitória atleticana com a partida terminando com over gols. O Over 2.5 gols tem odds de 2.15 na 1xbet!

Botafogo para confirmar sua vaga

O Botafogo vai numa situação bem mais tranquila para decidir sua vida na competição. Após vencer o Sol de América por 1-0, jogando no Paraguai, joga por um empate para chegar às oitavas da Copa Sul Americana.

O Botafogo sofreu com um pênalti contra, ainda no primeiro tempo, e após desperdício dos paraguaios, começou a controlar o jogo. Faltou mais verticalidade, o que tem sido um problema da equipe também no Campeonato Brasileiro.

O Sol de América perdeu um jogador, e após isso, também o controle do jogo.

No segundo tempo vimos um Botafogo mais móvel, com mais profundidade, mais próximo da área, e com muito mais intensidade. Érik era o grande responsável pelas jogadas mais incisivas, e foi dele o gol da vitória.

gatito

No final de semana uma derrota polêmica para o Palmeiras, com um gol de pênalti bem duvidoso. Mas, novamente, um time por vezes sonolento e com dificuldade de criação.

O adversário vem para o tudo ou nada, e no campeonato paraguaio já se mostra bem frágil defensivamente. A tendência é que com o passar do tempo, o Botafogo tenha muito espaço, e as chances de gols vão ser claras, ainda mais coma utilização do Erik nas transições.

Sinceramente, eu não confio 100% no jogo do Botafogo, e mesmo faltando agressividade, aposto num jogo aberto. Para os paraguaios, é matar ou morrer, e já vem sofrendo muitos gols no fraco campeonato nacional, sendo assim, a tendência é de mais uma partida sendo muito ameaçado.

Pela passividade do Bota, as odds devem vir com uma linha baixa de gols, entre over 1.5 e 1.75, e nessas condições, vejo mais uma vez o valor na linha de over gols.

Fluminense já classificado?

Após um jogo de brilho do garoto João Pedro, e uma goleada de 4-1 sobre o Atlético Nacional, agora o Fluminense vai à Colômbia para confirmar sua vaga.

No primeiro jogo se viu uma diferença muito grande na intensidade do jogo de ambas as equipes. O Fluminense foi muito vertical, buscando avançar a todo momento no campo ofensivo, linhas altas, e muita profundidade.

O time colombiano não esperava essa postura, admitida até mesmo pelo seu centroavante, o argentino Hernán Barcos. Com 11 minutos de partida o jogo já estava 3-0 para os brasileiros, com show de João Pedro, e a cada lance se via a facilidade de avançar ao campo de defesa dos colombianos.

Num lampejo, em cobrança de pênalti, Barcos descontou, mas ainda no primeiro tempo, mais uma vez João Pedro apareceu e o Flu fez o 4-1. Ainda tiveram outras chances, que escancararam a falta de opções dos colombianos para parar os brasileiros.

Essa intensidade é característica do Fluminense, temos que dar todos os méritos ao Fernando Diniz, mas ainda não conseguiu implantar nessa equipe uma maneira de por vezes cadenciar os jogos.

joao pedro flu

No final de semana foi mais um exemplo, quando perdeu de 3-2 para o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro.

Atacava com força, era atacado com perigo, e foram várias as vezes que isso ocorreu esse ano. O Flu é um time que ataca e se expõe, e poucas vezes consegue controlar o ímpeto adversário.

Não creio que, mesmo na Colômbia, consiga ter um estilo controlado, sem aplicar velocidade nas suas ações, mesmo que reativas.

Para o Atletico Nacional, que já não conta mais com o técnico Paulo Autuori, é um jogo para se arriscar. Em 90 minutos, não há espaço para um estilo cadenciado, então assim, teremos um jogo muito aberto na Colômbia.

Pela necessidade de um, característica do outro, e até o fator local, influenciado muito nas ações dos mandantes, escolho a linha degols, que deve ser batida nesse jogo para o over. Na Bet365 o Over 2.5 gols está pagando 1.80.

Corinthians diante da situação venezuelana

Era um dos grandes objetivos corintiano, na primeira partida, fazer um placar que pudesse ser administrável no jogo da volta.

Diante de um adversário venezuelano, que é fraco tecnicamente, mas que se encontra numa situação muito marcada pela vulnerabilidade social no país, difícil acesso, e um planejamento quase de guerra par poder viajar, era importante ter debaixo do braço uma vantagem para não ter de correr no segundo jogo.

Se viu claramente quando o Lara encarou o Cruzeiro pela Libertadores, e no primeiro jogo em São Paulo, que a disparidade técnica entre as equipes é enorme.

Os jogadores venezuelanos sequer tinham comida para após a partida, e foram ajudados pelo próprio Corinthians, com pizzas e hambúrgueres.

pedrinho gambas

Jogam em um país que mal tem comida para a população, que até jogadores profissionais passam dificuldade, e ao meu ver, esse confronto é uma mera formalidade.

O Corinthians tem uma defesa muito forte, um sistema de marcação consolidado.

O Lara tem dificuldade de criação, e tem uma falta de opções ofensivas que é nítido. O time brasileiro deve ir para amarrar o jogo, tirar a velocidade nas ações, e esperar o apito final.

Claramente é um jogo para under gols, e até um empate eu arriscaria, para quem acredita, assim como eu, que o jogo vai se dar num ritmo muito pouco intenso.

Alguém tem força para impedir os brasileiros?

A Copa sul Americana, claramente não tem o mesmo peso e sequer de perto tem a mesma força da Copa Libertadores. Os times que a compõem, basicamente são uma segunda (ou terceira) força do continente.

Os brasileiros surgem como grandes favoritos nas fases finais, e poucos são os times que hoje podem de alguma forma dificultar esse caminho.

Dos que caíram como terceiros colocados na Libertadores, o Peñarol é o que tem um time mais competitivo, embora muito pobre ofensivamente.

penarol

No geral é uma competição pobre tecnicamente, com equipes que por vezes acabam desdenhando a competição, e não colocam suas melhores armas nela.

Mesmo os argentinos, de alguma forma ainda estão um degrau abaixo. Argentinos Jrs arrancou com uma vantagem, e agora temos Independiente precisando reverter uma derrota de 2-3, e o Colón sem muita força.

Destes, vejo uma possibilidade de dificultar somente com o mando de campo, e mesmo assim, levo mais fé nos brasileiros.

Infelizmente a Sul americana é uma competição com menos times de qualidade, devido à disparidade econômica atual da América do Sul, onde os brasileiros tem um poder de investimento muito superior.

Com estes tendo um time muito melhor tecnicamente, se aproveitando de um momento de instabilidade dos rivais sul americanos, e tendo na competição a porta mais fácil para a Copa Libertadores do ano que vem, acredito que vão com muita força para as próximas partidas.

Vejo pouca possibilidade de uma recuperação imediata dos países vizinhos, e essa distância técnica que na Libertadores não é tão visível, já na Sul Americana é gritante.

holan

Poucos são os times com algum poder de investimento, e principalmente com grandes jogadores de base. Nisso o Brasil é abundante, e com isso, acaba sempre tendo uma superioridade nessas competições de segundo escalão.

Aposto no título de um dos canarinhos, e ao menos nessa rodada, nenhum time tem capacidade de colocar algum de fora. A situação da américa do sul é preocupante.

A semana está apenas começando e teremos muitos assuntos e análises de grandes eventos em breve. Não perca nossos palpites de futebol e os melhor bonus das casas de apostas. Acompanhe!