Palpites e Dicas de Apostas Esportivas Brasil e Bônus das Casas de Apostas

O Flamengo vai dominar o futebol brasileiro

Com a recente temporada feita pelo rubro negro carioca, surgem em diversos debates a questão sobre uma possível supremacia do clube para as próximas temporadas. O início de 2020 tem sido bastante favorável, e essas discussões tem se intensificado.

Flamengo: Um clube desconectado do futebol brasileiro

Quando o Flamengo fez um enfrentamento de bom nível com o Liverpool, muito se falou que o time carioca não representou o Brasil, porque não é uma realidade que vivem os grandes clubes brasileiros.

flamengo-tacas-2019

De certa forma tem uma lógica, pois hoje o Flamengo está fora do contexto geral do futebol brasileiro. Nenhum time tem o potencial de investimento que tem o clube carioca, isto pelo fato de nenhum ter o potencial de arrecadação do mesmo.

Historicamente, o Flamengo sempre foi um clube bagunçado. Era uma festa, mídia exacerbada, jogadores vivendo no meio do glamour, noite, praia e samba.

Administrativamente era um caos, muitas vezes com atrasos de salários, e um investimento muito menor do que o tamanho do clube exigia.

Nas últimas temporadas isso vem mudando, com administrações mais responsáveis, uma reestruturação do Flamengo como instituição, até mesmo criando seu Centro de Treinamento, e investindo nas categorias de base.

Seu potencial de investimento em futebol foi aumentando, à medida que a utilização de bons valores da base foi crescendo, suas vendas sendo feitas, e consolidando um capital muito sólido.

Na temporada passada foi o ápice, depois de boas vendas das categorias de base, como Lucas Paquetá, Vinícius Júnior e Léo Duarte, o clube investiu pesado em grandes reforços.

O treinador Jorge Jesus, Bruno Henrique, Gabriel, Rafinha, Filipe Luís, e ainda desembolsar verdadeiras fortunas por Vitinho, Arrascaeta e Gerson.

Se pegarmos apenas este último trio, o Flamengo gastou uma quantia superior a 130 milhões de reais, sem contar os altos salários destes e dos demais citados.

Nenhum clube no futebol brasileiro tem este potencial, e incluo o Palmeiras, que tem um aporte financeiro de patrocinador, mas não consegue se auto sustentar, caso este venha a se desligar do clube.

Geralmente, os clubes brasileiros em sua grande maioria precisam fazer uma ou duas grandes vendas por ano para manter suas contas pagas, ou próximo disso.

O Flamengo até agora, não tem essa necessidade, e só venderá em casa de uma proposta muito boa, e o valor entrará integralmente para um saldo positivo neste balanço.

Todos os clubes começam o ano no vermelho, e traçam metas de arrecadação para diminuir este prejuízo. O rubro negro começa com saldo positivo, poder de investimento e larga muito à frente de qualquer outro clube.

O papel fundamental da mídia para o grande momento do clube

Se qualquer torcedor de outro clube falar desse assunto, soará como uma dor de cotovelo. Embora as brincadeiras dos flamenguistas sejam válidas, é inegável que o status que colocam o Flamengo, e um pouco mais abaixo o Corinthians, é de outro nível.

A mídia cria muito em cima de quem está melhor no momento, porém, se viu uma supervalorização desta vez, o que não aconteceu com outros clubes brasileiros.

Isso gera atenção, gera mais patrocinadores, dá ao clube maior poder de negociação para fechar contratos mais valorosos, além de seduzir qualquer jogador brasileiro.

Hoje em dia, qualquer jogador que possa o Flamengo ter interesse, primeiro ouve a proposta do clube carioca, para em segundo plano fechar com qualquer outro.

Exemplos claros acontecem no início de 2020. Onde alguns jogadores que tem propostas para serem titulares incontestáveis em alguns clubes, preferem negociar com o Flamengo e fazer parte de um grupo que provavelmente serão peças alternativas.

Isto tudo pelo lobby muito alto, pela mídia supervalorizar suas atuações, ter uma vitrine maior para a Europa, e por fazer parte de um grupo que tema tendência de brigar por todos os títulos mais uma vez.

Neste contexto, o Flamengo vai mantendo um grande time, e consolidando um grande elenco.

Aí vejamos, em um cenário onde as distâncias percorridas são continentais, o calendário de jogos é extremamente desgastante, e os desfalques em cada time vai prejudicando sua campanha, quem tem melhores condições d elenco tem enorme vantagem.

A hegemonia do Flamengo depende da manutenção deste trabalho

A vantagem flamenguista hoje é muito evidente. No Brasil sempre tivemos um ciclo de times vencedores, e nunca houve um clube que se mantivesse muito superior aos demais por longos anos.

Isto devido à vários fatores, mas os principais deles sempre foram as oscilações de boas e más administrações, e pelo imediatismo da torcida brasileira.

Uma série de resultados ruins, a pressão da torcida aumenta, a pedida de demissões fica maior, dirigentes que pensam somente em si atendem estes pedidos, mudam constantemente o trabalho, e a ruína é questão de tempo.

Então, a continuidade do Flamengo como grande clube brasileiro vai depender de quem comanda a instituição.

Se mantiver as contas em dia, não fazer loucuras, mantiver sempre um trabalho sólido de seu comandante, a tendência é se manter na ponta por muito tempo.

Quem pode estragar isso tudo é a torcida, caso o clube tenha uma série de maus resultados e eliminações. Do contrário, estaremos presenciando uma centralização no futebol brasileiro.

Outros links Apostaganha onde você pode obter mais informações exclusivas:

Entre no nosso Telegram Oficial se quer receber todas Dicas, Palpites, Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promoções e muito mais…Clique aqui e assine o CANAL oficial do Apostaganha Brasil.

Mas se quer conversar conosco também no Telegram através do CHAT clique aqui…Assista também a todos os nossos podcasts e dicas de apostas no nosso canal de Youtube. Se gosta de outras redes sociais segue-nos no Instagram.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *