Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Caixa que controlar os jogos online no Brasil

caixa apostas

Sem querer ser alarmista mas o pesadelo dos apostadores online no Brasil começa a tomar forma…

Como sabemos há diversos projetos visando a legalização dos jogos ditos de azar no Brasil. Desde 1940 esta tipo de jogo foi jogado na ilegalidade e desde então funciona de formas alternativas a margem da lei.

Os únicos jogos legalizados no Brasil são os promovidos pela Caixa Econômica Federal e seu monopólio. Mas nem só deles que vive a realidade deste segmento no pais.

Até há pouco tempo atras os maiores expoentes deste funcionamento a margem da lei eram o jogo do Bicho, cassinos e bingo ilegais. Mas a internet trouxe uma verdadeira revolução para dentro do país.

Os sites de apostas online causaram um verdadeiro furor e trouxeram a memória do brasileiro a vontade de apostar.

Como os sites estão lotados em países fora do Brasil não há nenhuma contravenção a lei estabelecida. Mas os apostadores vivem num limbo jurídico.

Mas tudo o que cresce e movimenta muito dinheiro no Brasil chama o interesse do governo. E com o montante girando na casa dos bilhões e um Estado falido natutalmente os legisladores do país decidiram legalizar os jogos online de forma aumentar a arrecadação de impostos e tirar esta industria da margem da lei.

O problema aqui é qual modelo será usado. Sabemos que em alguns países o modelo de legalização escolhido praticamente matou as apostas online.
 

Caixa quer controlar tudo!

 

Nesta semana o presidente da Caixa Econômica Federal deu uma entrevista que pode assustar os apostadores. Segundo ele a Caixa quer controlar e ser agente operador dos jogos online, inclusive apostas esportivas no Brasil.

Gilberto Occhi disse que já teve contatos com os senadores que são autores do projeto de legalização mais forte hoje em movimento no Congresso.

Ele acredita que por deter o monopólio de exploração e pela credibilidade quem deve prover este serviço é a Caixa Economica:

“Acho que é grande oportunidade. Temos todos os jogos eletrônicos no país e a receita vai para outros países. Temos a oportunidade de trazer esse investimento para o Brasil”

“Acho que é grande oportunidade. Temos todos os jogos eletrônicos no país e a receita vai para outros países. Temos a oportunidade de trazer esse investimento para o Brasil”.

O executivo da Caixa se mostra bem informado. Ele disse ter “ouvido” que hoje o Brasil perde em torno de 20 bilhões de reais em impostos que poderiam vir da industria dos jogos online no Brasil.

E para ele o grande potencial não são os cassinos ou bingos, mas sim os jogos eletrônicos como as apostas esportivas.

“Você vai precisar ter participação de pagamento, de fiscalização, de acompanhamento, tudo isso. A Caixa é a única entidade autorizada legalmente a promover jogos no Brasil.”

Claro que tudo ainda esta em nivel muito preliminar. Mas é seguro afirmar que este seria o pior cenário de legalização para os apostadores.

O controle da Caixa se mostra pernicioso e atrasado e inviabilizaria o desenvolvimento das apostas esportivas no Brasil. Vamos ficar de olho.

 

Aproveite já os nossos bônus

Dinheiro Grátis para o Apostador!

link

Aproveite já o bônus de 500 REAIS!

Começar a Apostar

Aproveite já o bônus de 200 REAIS!

link

Aproveite já o bônus de 30 Dólares!

link

Aproveite já o bónus de 500 Reais!

link

Aproveite já o bônus de 300 REAIS!

link

Aproveite já o bônus de 400 REAIS!

link

Aproveite já o bônus de 300 REAIS!

link

Aproveite já o bônus de 500 REAIS!

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa Forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.

2 comentário

primeiro novos
por ranking primeiro novos por cronologia
1

Pra variar outro excelente artigo, Rodrigo se essa lei for aprovada nao poderemos mais aposta nas casas apostas do exterior?

2

Harry.......se observamos outros paises que usaram um modelo restritivo parecido com esse a resposta é não. Geralmente isso vem com bloqueios....claro que sempre há possibilidade de darmos a volta nisso...mas o processo torna-se muito complicado. Vamos esperar como isto irá avançar no congresso nacional.