PALPITES E DICAS DE APOSTAS ESPORTIVAS BRASIL


Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Brasileirão: O que esperar para o segundo semestre?

Devido à parada da competição para que ocorra a Copa América, disputada no Brasil, os clubes entraram em uma espécie de inter-temporada. Na altura da nona rodada, já começa a se formar os pelotões que definirão pelo o que briga cada clube até dezembro.

Brasileirão: Quem briga pelo título?

Essa pergunta é feita todos os dias em diversos programas esportivos, e tudo isto porque é uma grande dúvida se realmente alguém tem forças para disputar o título com o Palmeiras.

A equipe de Felipão é a única invicta da competição, soma 22 pontos e leva dois de vantagem para o Santos, com um jogo a menos.

Já diria Guardiola, que o campeonato se ganha nas 8 primeiras e 8 últimas rodadas. O Palmeiras já cumpriu a primeira parte, e com ares de gigante europeu, sem tomar conhecimento de ninguém.

Brasileirão: O que esperar para o segundo semestre?

Tem o melhor ataque com 17 gols marcados, a melhor defesa, com apenas 2 gols sofridos, e sem contar o grande número de boas opções no elenco.

Santos e Flamengo chegam para tentar entrar na disputa. O Santos, embora vice-líder, é uma surpresa na minha opinião. Não esperava uma consolidação do trabalho de Sampaoli tão rápida. Tem um estilo de jogo agressivo, e que tende à conquistar muitos pontos fora de casa.

No entanto, carece de um grupo mais numeroso, e isso deve fazer a diferença.

O Flamengo era o grande adversário, na teoria, antes do campeonato começar. Tem um grande time, com muitas peças de qualidade, um elenco com boas reposições, mas não chega a empolgar o torcedor.

Irregular até o momento, mas com a troca no comando (Abel Braga por Jorge Jesus), devem haver mudanças, e o time ganhar uma maior solidez. Internacional e Grêmio são os que correm muito por fora.

O Inter vem mostrando um futebol muito competitivo, tem um time muito forte, porém, assim como o Santos, falta grupo, e a cada saída do time, tem dificuldade de manter o nível.

inter

Ainda por cima, não consegue ganhar fora de casa, o que é um impeditivo nesse tipo de competição.

Já o Grêmio, talvez tenha enterrado suas chances logo no início da competição. Muito desfalcado, aliado à um jogo que precisava de mudanças que não foram feitas pelo treinador.

Somou poucos pontos nessa arrancada, já está a 11 pontos da liderança, e talvez sobre apenas a disputa para a vaga no G4.

Zona de rebaixamento cheia de pretendentes

Neste ano, a disputa para fugir do rebaixamento conta com muitos times. Acontece, que pelo desempenho, muitos são os que vão acabar nas últimas rodadas fazendo contas para não cair.

Há os casos que todos já esperavam, como Ceará, Fortaleza, Chapecoense, Avaí e CSA. Todos esses com um poder de investimento muito menor.

Nesse grupo eu coloco o Fortaleza como o melhor entre todos, com um bom organizador na casamata como Rogerio Ceni, e um time com algumas peças interessantes.

Dos times grandes, um trio vem sofrendo com a ameaça de queda. O Vasco é o principal deles, e mesmo que hoje o cruz maltino não esteja na zona de rebaixamento, quem vê seus jogos sente a agonia de uma equipe com pouquíssima qualidade.

Conquistou suas duas primeiras vitórias, em casa, sobre um desfalcado Internacional e o Ceará, num confronto direto. A tendência é se manter na parte de baixo da tabela.

O Fluminense, embora com um treinador que me encanta pelo seu modo de jogar, vai penar no resto do campeonato.

Tem algumas peças boas, como Ganso e João Pedro, um volume muito forte no seu estilo de jogo, mas falta qualidade no elenco, além de constantemente ter salários atrasados, e a notícia que surge é que alguns atletas tentam rescindir com o clube.

Fechando a zona da morte, o Cruzeiro. Embora com um bom time, o extra campo vem afetando muito seu desempenho. O clube foi pego num escândalo com negociação com menores de idade, além de uma péssima administração financeira.

Desde então, parece um time muito aquém do que já foi. Perdeu 5 dos 9 jogos, tem a pior defesa do campeonato, e se não mudar urgentemente, vai entrar numa situação irreversível.

Teremos surpresas no grupo da Libertadores?

Agora o campeonato Brasileiro dá 6 vagas à competição continental, sendo 4 delas já nas fases de grupos. Além do Grêmio, Atlético-MG, Corinthians e São Paulo, devem brigar pelas vagas.

Destes, apostaria no Atlético e Grêmio, mais forte para juntarem-se à Palmeiras, Flamengo, Inter e Santos. São Paulo e Corinthians vem num momento mais turbulento, com um futebol muito pragmático, e sofrendo contra equipes mais fracas.

Ainda temos Goiás, Botafogo, Bahia e Athletico. Nesse quarteto, o que pesa contra é a falta de elenco.

athletico-pr-estadio

Mesmo com o Athletico forte em casa, vai se dividir entre 3 competições logo na retomada, assim como o Bahia. Goiás e Botafogo eu acredito que sejam times que tiverem um bom momento, mas que não condizem a sua qualidade de grupo com a posição que ocupam.

O Brasileirão Série A retorna somente em Julho, e até lá chegadas e saídas podem acontecer e mudar todo panorama da competição. Vamos aguardar.