A América do Sul ainda luta ferrenhamente contra a pandemia do novo Corona Vírus, e poucos foram os países que retornaram as atividades esportivas. Passado a metade da temporada, fica a preocupação se realmente teremos novamente Copa Libertadores, ou devemos pensar na edição 2021.

EM QUE ESTÁGIO PAROU A COMPETIÇÃO?

A edição 2020 da Copa Libertadores prometia ser eletrizante. Cheia de bons times, o campeão ainda jogando muito, clássico local pela primeira vez na competição, campeões dividindo a mesma chave.

No entanto, podemos desfrutar de apenas duas rodadas, até que infelizmente medidas mais radicais tiveram de ser tomadas ao redor do mundo.

O último jogo da competição foi no dia 12 de março, no confronto inédito entre os rivais, Grêmio e Internacional, em Porto Alegre. Na ocasião, 8 expulsos, briga generalizada, e foi a última lembrança da Copa Libertadores, boa ou não.

Ainda faltando 4 rodadas para serem disputadas antes dos playoffs, fica difícil entender como a Conmebol fará para readequar o calendário.

Não dá para fazer como a UEFA, de fazer jogos únicos, pois sequer chegamos na fase eliminatória. Muitos clubes sequer voltaram a treinar, devido às leis de seu país, e com certeza, alguns terão muita desvantagem, independente da decisão a ser tomada.

CONMEBOL PODE PRORROGAR LIBERTADORES ATÉ 2021

Como todos sabem, o calendário sul-americano é diferente do europeu. Na Europa as competições se estendem do meio de um ano, até a metade do ano seguinte. Por aqui, algumas ligas nacionais adotaram este modelo, mas a maior competição do continente, ainda segue o padrão tradicional, terminando ao final do ano.

Desta vez, a entidade não se opõe a arrastar a Copa Libertadores até o ano que vem. Segundo o diretor de competições de clubes da confederação sul-americana, Frederico Nantes, disse que a Conmebol não descarta este e outros cenários, onde até adiar as finais é um deles.

Copa Libertadores: Afinal, que caminho seguir?

“Estamos enfrentando uma situação excepcional em que teremos que considerar todas as opções possíveis com seus prós e contras. […] Não haverá nenhum problema se tivermos que postergar as finais, inclusive para o início do próximo ano, se for necessário.”

Esse talvez seja o cenário mais provável, uma vez que sequer as ligas nacionais tiveram sua reabertura, muitas equipes não estão em atividade.

Quando os governos locais decidirem por liberar os jogos de futebol, estas equipes terão dezenas de compromissos atrasados, e a Libertadores terá que se adequar, infelizmente.

ENCERRAR A EDIÇÃO 2020 É POSSÍVEL?

Diria eu que, neste ano maluco de 2020, nada é impossível. Se tratando da maior competição do continente, e aquela que rende muita visibilidade e dinheiro para os clubes, mas também para a própria Conmebol, diria que a entidade não permitiria que isso acontecesse.

Não acredito que estas pessoas abrirão mão dos patrocínios milionários e as receitas que cada clube tem de pagar a entidade. Um cancelamento definitivo aconteceria se algo de muito grave (se já não fosse grave o que estamos a passar) ainda viesse a acontecer.

Fazer como a Liga dos Campeões, achar uma sede única, já foi ventilada. Fala-se no Uruguai, um país pequeno, ao lado do Rio Grande do Sul, que controlou muito bem a doença até o momento.

Mas acredito que a entidade teria de enxugar os jogos, pois faltariam muitas datas a serem cumpridas. Entraria em conflito com os compromissos locais, e se tivessem alguma sincronização, a competição terminaria muito depois do início de 2021.

Agora está tudo fechado. Delegações não podem entrar no país vizinho, sequer podem treinar no seu próprio Centro de Treinamento. E com esse cenário bem obscuro, segue a indefinição, e se cria uma ideia de que a Conmebol está perdida, e realmente não tem plano concreto algum.

O CAMINHO DO COVID

Em alguns países, como a Argentina, por exemplo, que decidiu fechar tudo logo cedo, limitou todas suas atividades, controlou a doença até onde deu.

O surto demorou a chegar, mas chegou, e agora o país enfrenta alguns números que se mostram crescentes.

O continente sem si, não está em harmonia no controle da doença. Cada local tem suas estratégias, e alguns países ainda encaram a parte mais tensa da doença. Até que todos tenham autorização para jogar, vai demorar.

A Europa enfrentou a pior face da doença bem antes do que as Américas, conseguiu contornar a situação, e teve uma gradativa volta às atividades.

Por aqui, parece que estamos longe do fim, e essa Copa Libertadores, em teoria, não era para acontecer. Mas o dinheiro fala mais alto, e algum jeito os cartolas vão dar…

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Chat do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Casas de Apostas
1xBET

Bônus de 100% do depósito até um máximo 500 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120

BET365

O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.

BETFAIR

Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200

22BET

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.

BETBORO

Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.

NETBET

Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais

BETWAY

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.