Em meio à incertezas sobre o futuro do futebol na América do Sul, a Conmebol já definiu que setembro é o momento para voltar com a competição continental. Confira abaixo o modelo da competição, e como está a situação nos países que disputam o torneio.

LIBERTADORES DE VOLTA, NO FORMATO ORIGINAL!

A Europa não foi um modelo a ser seguido, desta vez, na América do Sul. Se por lá, a paralisação pelo Covid-19 chegou no final da temporada, e o restante da Liga dos Campeões teve de ser remodelada, por aqui, tudo seguirá do jeito que foi planejado inicialmente.

Se contarmos até a data de reinício da Copa Libertadores, lá se vão 6 meses sem jogos pela maior competição do continente sul-americano. Todo esse tempo acaba afetando e muito as equipes participantes, e estreitando ainda mais o calendário das equipes, juntamente com suas ligas nacionais.

Até o momento foram disputadas apenas duas rodadas da fase de grupos, ou seja, ainda restam 4 datas para a fase classificatória: 2 para a fase de oitavas-de-final, 2 para as quartas, 2 para as semifinais e 1 para a grande final.

A decisão em jogo único está mantida para o Maracanã, e está prevista para ser concluída em janeiro de 2021, apenas.

MANTER O FORMATO ERA A MELHOR OPÇÃO?

A discussão sobre a decisão da Conmebol, de manter o formato original da competição, realmente se tornou alvo de muita polêmica. Com certeza não dá para comparara a situação das Américas com a da Europa, neste momento.

A fase em que se encontra a Liga dos Campeões, é muito mais avançada do que a Copa Libertadores, e talvez seja mais simples de tomar a decisão de jogar em apenas um local.

Pelo fato de a Libertadores ter ainda muitas datas a serem cumpridas, e os campeonatos locais estarem em paralelo com a competição continental, ficou inviabilizado para os clubes, se reunirem por 1 mês em um só país para terminarem suas participações.

Conmebol define volta da Copa Libertadores para setembro

Agora outro problema surge para os clubes, que além de terem de cumprir seus compromissos locais, precisarão de disponibilidade em 11 datas, mais os dias anteriores de longas viagens e adaptação a cada local, até voltarem a seus países. O Calendário que já seria muito apertado, agora virou um caos, principalmente para os clubes brasileiros.

Serão meses intermináveis, em que os times estarão em viagens constantes, seja pela Libertadores, ou para cumprir as 38 rodadas do Campeonato Brasileiro, em um país de tamanho continental.

Além disso, muitas cidades do Brasil ainda estão proibidas de receber eventos esportivos, e sendo assim, além das viagens pela Copa Libertadores, os times brasileiros terão de chegar ao país, e viajar para outras cidades, para mandarem seus jogos.

Muitos jogadores serão utilizados, muitos times estarão enfraquecidos, e talvez este seja o ano da pior Libertadores, tecnicamente falando, da história recente.

COMO ESTÃO ALGUNS PAÍSES DA AMÉRICA DO SUL EM RELAÇÃO AO FUTEBOL?

Na Argentina, que é um dos países mais fortes na competição, pouco se fala de futebol na prática. Por lá segue tudo isolado, clubes sequer podem treinar. A situação é tão complicada, que os clubes argentinos pedem o adiamento da decisão da Conmebol em voltar com a Libertadores, alegando que os argentinos estarão em situação desigual.

O Campeonato Paraguaio teve seu início na última semana, mas logo cedo já enfrentou problemas. Devido a exames positivos para o Covid-19, a rodada foi adiada até esta semana, para que jogadores e arbitragem passem por uma nova rodada de exames. A situação por lá não está muito favorável, porém, até setembro devem ter jogos no país.

O Uruguai foi um dos países que melhor conseguiu controlar a situação da doença, e antecipou a volta da sua liga local para o início de agosto. Provavelmente seja um dos países com os clubes em melhor situação até setembro.

casos sudamerica

No Equador, que no início da pandemia se via o caos na saúde, com corpos espalhados pelas ruas, uma tentativa de retorno do futebol está agendado para o dia 29 de julho. Já no Peru, o futebol local está programado para voltar no mesmo final de semana que o Campeonato Brasileiro: 7 de agosto.

Os clubes de Colômbia e Venezuela voltaram a treinar há poucos dias, e futebol por lá deve ainda demorar um pouco. No Chile, na semana passada alguns clubes voltaram às atividades, e na Argentina, treinamentos apenas em agosto.

Cada país terá uma condição diferente para seguir com a Copa Libertadores. Alguns em ritmo de competição, e outros recém voltando a um princípio de normalidade.

Todos enfrentarão dificuldades pela situação local, e esta poderá ser uma Libertadores totalmente atípica, diferente de tudo que já vimos.

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Chat do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Casas de Apostas
1xBET

Bônus de 100% do depósito até um máximo 500 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120

BET365

O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.

BETFAIR

Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200

22BET

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.

BETBORO

Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.

NETBET

Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais

BETWAY

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.