Jogos da terceira divisão do Campeonato Paulista, estão sob investigação, devido à possíveis esquemas de compra de resultados. Na última semana, materiais divulgados na imprensa, indicam o contato de apostadores com atletas, mostrando o passo a passo de uma abordagem criminosa.

MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS: ENTENDA O CASO

O futebol no Brasil, em suas principais competições, teve seu reinício há alguns meses. A elite do futebol brasileiro, com maiores recursos para cumprimento de protocolos, teve uma menor dificuldade de reorganizar os campeonatos.

Nas divisões inferiores, a situação é caótica, e muitos campeonatos estaduais ainda estão na sua fase de reestreia. É o caso da terceira divisão do Campeonato Paulista, que teve os jogos de volta há cerca de duas semanas.

Logo no início desta retomada, a competição já passa por investigação. Uma possível compra de resultados teria sido descoberta, na primeira rodada.

O jogo entre Barretos e Linense, no qual terminou 4-0 para o Linense, chamou a atenção dos investigadores. Isto devido a uma série de jogadas suspeitas, efetuadas pelos jogadores do Barretos, mesmo com o time já perdendo por 3-0.

Saídas de bola totalmente imprudentes, muitos jogadores “se atrapalhando” dentro da área, perdas de posse suspeitas, e para encerrar, um gol contra após uma cobrança de escanteio, aos 49 minutos do segundo tempo.

O jogo é analisado por uma empresa contratada pela Federação Paulista, para monitorar esquema de apostas. O relatório, divulgado pelo Esporte Espetacular, da Rede Globo, indicou movimentos passivos e desordenados, dos jogadores do Barretos.

A conclusão do relatório, é que apostadores possuíam a informação que o Barretos iria perder para o Linense, por pelo menos 4 gols de diferença. Jogadores e diretoria do clube, não concederam entrevista, e em nota, o Barretos diz não ter conhecimento dos fatos, e sobre o funcionamento de bolsas de apostas.

MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS: ENTENDA O CASO

Um segundo jogo investigado, foi entre Paulista e Olímpia, no qual o Olímpia venceu por 3-2. Também com lances suspeitos, e uma onda de combinação de apostas “complexas”.

O relatório conclui que apostadores tinham informações que o Olímpia iria perder o primeiro tempo, mas que ganharia ao final da partida. No total foram 17 apostas feitas no mercado de HT/FT (Half Time e Full Time), que é possível apostar no resultado ao intervalo e ao final da partida.

Ambas as diretorias negam o envolvimento com uma possível manipulação de resultados.

JOGADOR É ABORDADO POR APOSTADOR PARA MANIPULAR PARTIDA

Na semana passada, um jogador do Paulista, informou a diretoria que foi abordado por um apostador, em uma rede social. Este apostador, teria enviado a imagem de um bilhete de aposta, no valor de 500 reais, com lucro superior a 11 mil reais. A partida em questão, teria sido exatamente entre Barretos e Linense.

O jogador pediu mais detalhes sobre o esquema. Em áudio divulgado, o apostador pediu ao jogador colocar mais 6 atletas, totalizando 7 integrantes. Segundo o apostador, com 7 jogadores dispostos a “entregar” a partida, não tem como o time obter sucesso.

A proposta era de 5 mil reais, para que os jogadores adulterassem o resultado da partida. Segundo o apostador, o combinado entre os atletas, seria sofrer dois gols no primeiro tempo, e dois gols no segundo.

O atleta foi retirado da partida seguinte do Paulista, e registrou um boletim de ocorrência sobre o fato.

APOSTADOR DETALHA ESQUEMA DE COMRPA DE RESULTADOS

Em áudio, o apostador detalha como faz para manipular resultados. Segundo ele, a realidade do jogador de futebol é uma dificuldade financeira. No jogo do Barretos, ele apostou 500 reais (valor baixo, segundo ele), para ver se os jogadores eram “fiéis”, e os mesmos ganharam uma quantia de 11 mil.

Esta seria uma aposta por fora. Este apostador teria efetuado uma aposta de 5 mil reais, totalizando um lucro de 102 mil reais. Cada jogador recebeu 5 mil pelo esquema, e mais mil reais de “bicho” (extra), totalizando 6 mil reais para cada atleta.

A prioridade são atletas de defesa, pela facilidade de falharem, cometerem pênaltis ou gol contra. A liderança do atleta, em relação ao resto do elenco, também conta na hora de escolher os alvos. O goleiro, segundo ele, é a peça-chave do esquema.

Apostas extras, como escanteios, número de cartões e placar exato, também são estratégias dos criminosos.

Segundo o apostador, ele estaria no estádio (lembrando que torcedores ainda estão impedidos de entrarem), e sempre que ele levantasse, seria o sinal para o jogador falhar. E vai além, dizendo que o ideal é fazer um (esquema de resultado), e no próximo os jogadores tentarem ganhar de qualquer forma, para não gerar suspeita.

Os alvos dos apostadores criminosos, são equipes que lutam na parte de baixo da tabela, e que possuem atrasos de salário. Sendo assim, somados ao período caótico de pandemia e a necessidade de cada pessoa, ficaria mais fácil um acordo com os jogadores.

A investigação aponta que no jogo entre Paulista e Olímpia, um total superior a 19 mil euros, somando todas as apostas, foi investido nesse jogo. Mais de 10 mil euros, cravando a vitória do Paulista no primeiro tempo.

O relatório conclui que a complexidade do placar, e contrariando totalmente a lógica, unindo-se aos fatos apresentados, demonstra uma irregularidade na partida.

AMBIENTE IDEAL PARA CORRUPÇÃO

Os clubes negam envolvimento, e o apostador indicado pela reportagem, nega que tenha sido ele a ter sua voz gravada nos áudios.

O fato é que o Brasil é um cenário ideal para este tipo de procedimento. Uma vez que a situação financeira do país é deplorável, e os jogadores passam muitas necessidades. Os apostadores os seduzem com grandes quantias, e o crime está feito.

Quem sofre com isso são os torcedores, os profissionais do clube que não estão envolvidos, e também os apostadores comuns, que são prejudicados, através de práticas ilícitas. Não foi a primeira vez, e mais uma vez digo, não será a última.

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Chat do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Casas de Apostas
Rivalo

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 777 reais.

1xBET

Bônus de 100% do depósito até um máximo 1200 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120

BET365

O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.

BETFAIR

Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200

22BET

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.

BETBORO

Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.

NETBET

Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais

BETWAY

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.

Ultimos Artigos