Palpites e Dicas de Apostas Esportivas Brasil e Bônus das Casas de Apostas

Dificuldade de lidar com oscilações e admitir erros

Este será quase que um desabafo pessoal, mas que vejo muitas pessoas por aí passando pelo mesmo processo. A dificuldade de se manter saudável psicologicamente e não colocar tudo a perder em um piscar de olhos.

Apostas esportivas: você está do lado de quem ganha ou de quem perde (muito)?

Esta não é uma informação nova, mas que eu nunca canso de escrever, que mais de 90% (diria eu que mais de 95%) dos apostadores são perdedores em longo prazo.

Dificuldade de lidar com oscilações e admitir erros

Infelizmente nós nos deixamos enganar pela ilusão de ficarmos ricos, logo no início da vida como apostador. Isso é absolutamente normal, e é uma das fases naturais do amadurecimento neste meio.

É uma balança natural e desproporcional, onde a grande maioria cobre os lucros dos vencedores, e ainda sobra muito dinheiro para as casas de apostas. Eu não tenho vergonha de admitir que fui um perdedor, e fui além disso: uma pessoa psicologicamente incapaz de apostar.

Quantas vezes você já depositou nos últimos meses? Eu posso dizer com certeza, que fui um dos apostadores que bancou o lucro de muita gente, por muito tempo.

Comecei a apostar lá por volta de 2011, sem conhecimento algum sobre este ramo, e apenas achava que ia colocar um dinheiro na primeira casa que apareceu, e alguns meses depois ia ter muito dinheiro.

Poxa, eu sou brasileiro assisto futebol desde os 5 anos de idade, como não iria ganhar dinheiro com isso?

Tenho certeza que você lendo esta frase se identificou no ato. Perdi as contas de quantas vezes depositei, e de quantas vezes coloquei tudo a perder simplesmente pelos mesmos erros de sempre.

Geralmente, os apostadores nesta condição tem vícios difíceis de largar, e que acabam sempre comendo uma parte do sua banca, até comprometer ele completamente. Apostar em vencedor supervalorizado, linhas esticadas para os favoritos, todas linhas de over possíveis em um jogo, enfim…

Outra prática quase suicida que eu aplicava, era um grande número de apostas em um jogo. Eram 3, 4 ou 5 apostas em mercados diferentes, as vezes tentando achar uma grande oportunidade ao vivo, e mesmo que acertasse um bom número de apostas, o final era sempre o mesmo.

Poxa, eu sou brasileiro assisto futebol desde os 5 anos de idade, como não iria ganhar dinheiro com isso?

Com o tempo eu fui descobrindo conceitos básicos, e diminuindo esse monte de erro absurdo. Depois de alguns anos depositando várias vezes e perdendo muito dinheiro, foi quando comecei a entender algumas regras básicas sobre esse mundo.

Já ouvi muito por aí, e tenho certeza que só comecei a ter menos prejuízo quando coloquei isto em prática: menos é mais! Eu tinha um grande problema, que era apostar em tudo que via, simplesmente por estar disponível na casa de apostas, ou até por passar na televisão.

Foi quando eu diminuí o volume de apostas, que as coisas começaram a se encaminhar, pelo menos para estabilizar minhas perdas.

Comecei a filtrar bastante minhas entradas, e tentando escolher a dedo aquilo que eu apostava.

Um bom estado psicológico é fundamental

Um dos grandes problemas aos poucos era resolvido, mas a falta de condição mental ainda atrapalhava muito o rendimento. Na grande parte do tempo, eu conseguia me controlar quanto à escolha de poucos eventos.

Ainda tinha aquela sensação ruim de que estava deixar a passar outras grandes possibilidades de ganhar dinheiro. O maior desconforto era nos finais de semana, muitos jogos ao mesmo tempo, e aquilo bagunçava a minha cabeça.

Me mantinha na minha linha metodológica até uma sequência negativa. Ainda não tinha condição psicológica de lidar com as oscilações. Acabava tentando recuperar o prejuízo logo na sequência, aumentava novamente o volume de apostas, jogos que sequer estudava, e o resultado era o mesmo: depositar mais uma vez.

psicologico novo

Admitir os erros foi uma parte importante para eu arrumar esse defeito aos poucos. Eu nunca colocava uma análise sobre as apostas, o jogo terminava, eu comemorava o lucro ou chorava sobre o prejuízo, e nunca entendia o porquê.

Foi quando eu comecei a refletir o motivo de algumas entradas não darem certo. Claro que o azar (digamos assim) estava presente, e por vezes entradas corretas davam errado, mesmo quando a análise era bem feita.

Outras vezes eu olhava os pontos cruciais do evento, e via que realmente eu tinha errado muito na análise e fiz besteira. Isso me ajudou a diminuir a necessidade de recuperar rapidamente aquilo que perdia.

Isso tudo não me tornou um apostador de sucesso.

Esse não é um artigo que terá um final feliz, dizendo que fazendo tudo isso você será rico como eu, porque com certeza isso não seria verdade.

O intuito aqui não é lhe mostrar que eu sou uma pessoa de sucesso, mas sim, que cometo erros assim como todos.

Identificar esses erros é parte fundamental nesse processo, e tentar diminuir essas falhas é importante.

Tenho na cabeça que é possível melhorar cada vez mais, e sei que não é fácil, mas a maioria das vezes, o nosso maior inimigo somos nós mesmos.

Outros links Apostaganha onde você pode obter mais informações exclusivas:

Entre no nosso Telegram Oficial se quer receber todas Dicas, Palpites, Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promoções e muito mais…Clique aqui e assine o CANAL oficial do Apostaganha Brasil.

Mas se quer conversar conosco também no Telegram através do CHAT clique aqui…Assista também a todos os nossos podcasts e dicas de apostas no nosso canal de Youtube. Se gosta de outras redes sociais segue-nos no Instagram.

One Comment

  1. Avatar

    Valter Manuel Domingos

    14 de janeiro de 2020 at 18:05

    Boas Sem duvida em tudo na vida quando conseguimos reconhecer o nosso erro e conseguimos perceber que estamos errando que é o mais difícil para o ser humano conseguimos melhorar conseguimos corrigir trjectórias, Muito bom artigo, acho muito útil artigos como este descrevendo em parte o percurso de quem anda cá mais tempo pois com esse exemplo alerta se para consciências e para erros que possamos estar cometendo;) Abraço

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *