O brasileiro Bruno soares, que faz dupla com Mate Pavic, conquistou o título do US Open. O tenista se coloca como o segundo maior vencedor de torneios deste nível, dentre os brasileiros.

QUEM DISSE QUE O BRASIL NÃO ESTÁ ENTRE OS MELHORES DO TÊNIS?

Na última quinta-feira, dia 10 de setembro, foi decidia a grande final do US Open, na modalidade de duplas. O Grand Slam é a primeira grande competição do circuito do tênis mundial, e já tem um brasileiro levantando o troféu.

O brasileiro Bruno Soares, e o croata Mate Pavic venceram na final o holandês Wesley Koolhof e o croata Nikola Mektic, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3.

A dupla vinha de uma derrota, também na quadra de piso duro, para Kubot e Melo, em Cincinnati, no final de agosto. A competição era uma preparação para o Grand Slam norte americano, e o resultado foi totalmente diferente. A dupla não perdeu um set sequer, desde a fase de quartas-de-final, totalmente entrosada e agressiva.

Na final, ambos colocaram na prática suas ótimas características, principalmente no aproveitamento de saques. Além de 5 aces, obtiveram um total de 84% dos pontos quando tinham o serviço. No primeiro set foram 4 aces, e um total de 94% de pontos ganhos ainda no primeiro
serviço.

Soares e Pavic eram letais quando começavam sacando, e impuseram muitas dificuldades dos adversários em confirmar cada serviço. No último game do primeiro set, a dupla quebrou e logo foi com vantagem para o set 2.

No segundo set, um início muito equilibrado, com ambas as duplas impondo dificuldades no serviço do adversário, e logo em seguida, muito agressivos para confirmarem o ponto.

QUEM DISSE QUE O BRASIL NÃO ESTÁ ENTRE OS MELHORES DO TÊNIS?

Tudo mudou no sexto game, quando Soares e Pavic foram quase impecáveis no serviço de Koolhof e Mektic. O holandês e o croata ainda salvaram um Break Point, mas o serviço foi quebrado e encaminhou o título.

Dali em diante, o adversário caiu, a confiança não mais existia, e a intensidade de Soares e Pavic foi ainda maior.

BRUNO SOARES ENTRA PARA A HISTÓRIA DO TÊNIS BRASILEIRO

Bruno soares é atualmente o 27° no ranking, e mesmo não ocupando as primeiras posições, ainda assim se coloca entre os maiores nomes do tênis brasileiro.

Ele agora soma um total de seis títulos de Grand Slam, e se tornou o segundo maior campeão de torneios deste nível entre os brasileiros, atrás somente de Maris Esther Bueno, que entre as décadas de 50 e 60, somou 19 conquistas, entre as chaves simples, duplas e duplas mistas.

Bruno Soares chegou ao seu quarto título de US Open. Foi também campeão nas duplas masculinas em 2016, além de dois títulos nas duplas mistas, em 2012 e 2014. Soares ainda contava com o título do Australian Open, outro Grand Slam de alto nível.

A dupla de Bruno soares com Pate Pavic ainda não era recheada de títulos expressivos, e sua maior conquista até então, era o Master 1000 de Xangai em 2019.

MESMO COM NÚMEROS EXPRESSIVOS, AS DUPLAS NÃO GANHAM RECONHECIMENTO

O Brasil voltou ao topo, na figura de Bruno Soares, e outros tenistas de duplas já assim o fizeram. No entanto, pouco se fala sobre as grandes conquistas das duplas, e esta modalidade ainda é pouco reconhecida.

Se Guga é o maior expoente do brasil, muito pelo tricampeonato de Roland Garros, se nota que não se dá a devida importância ao feito de Bruno soares, mesmo com este tanto de títulos importantes.

O torneio de duplas, para aqueles que gostam e acompanham, de fato, o tênis, é um prato cheio. Mas para aqueles que se informam pelas mídias, e através de grandes transmissões, os feitos das duplas vira quase irrelevante.

A premiação sempre foi uma clara evidência de como são tratados os simplistas, para aqueles que buscam o sucesso nas duplas. O que tem mudado ultimamente, tanto é que em 2019 o US Open quebrou recorde de premiação e igualou os pagamentos.

Bruno Soares, em números, é maior que Guga? Em carisma, relevância para o esporte no Brasil, acredito que não haja comparação. Isso reflete, além da desvalorização dos organizadores, da própria mídia, em não divulgar fortemente os feitos relevantes de atletas nesta condição.

O Brasil voltou ao topo, Bruno Soares voltou ao top 20 (pulou para a 18ª posição no ranking), e tudo parece pouco divulgado, pouco comemorado.

A conquista é de Bruno Soares, também é do Brasil, mas não parece. É o “Brasil Olímpico” que pouco reconhece os seus desportistas.

 

Gostou de nosso conteúdo?
Então se registre em nosso canal no Youtube. Entre em nossas redes sociais Instagram e Twitter. Ainda tem nosso Chat do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Casas de Apostas
1xBET

Bônus de 100% do depósito até um máximo 500 Reais. Código Promocional para aceder ao Bônus : 1x_87120

BET365

O bônus de boas vindas da casa oferece bônus de 100%. Depósitos de valor igual ou superior a 20 reais e um máximo de bônus de 200 reais.

BETFAIR

Bônus de boas vindas é um bônus de 100% até um máximo 400 reais. Código Promocional para aceder ao Bônus: FWB200

22BET

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 600 reais.

BETBORO

Bônus de depósito de 50% até um máximo de 500 reais. Depositando um mínimo 50 reais, você recebe 50% do valor do depósito.

NETBET

Bônus de 50% de bônus Depositou 10, recebe outros 5, 50 recebe outros 25, e assim sucessivamente até um máximo de 200 reais

BETWAY

O primeiro Bônus de boas vindas é um bônus de 100% sobre o valor do seu depósito inicial até um máximo de 200 reais.

Ultimos Artigos