Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Manipulação de resultados – A culpa é das apostas?

Manipulação – A culpa é das apostas? Como diz o sábio ditado: Brasileiro tem memória curta. E o tamanho da nossa memória talvez foi o responsável pela incompreensível pequena repercussão que teve um dos maiores escândalos da história do futebol nacional.Para refrescar a cabeça de todos vale relembrar o caso que definiu o rebaixamento do Brasileirão em 2013.

A Portuguesa conseguiu sua salvação no campo. Mas devido a escalação de um jogador irregular – que estava suspenso – acabou sendo condenada pelo tribunal desportivo, perdendo pontos e acabou rebaixada. A Portuguesa alegava que não foi notificada da suspensão do jogador. Logo a opinião pública se virou para a defesa da Lusa. Todo o envolvimento popular não adiantou nada. A Portuguesa foi obrigada a disputar a série B em 2014.

Mas o caso não parou ai. O Ministério público continuou a investigação e chegou a conclusões nessa semana. Com base em evidências que a Portuguesa recebeu dinheiro de alguém/clube para deliberadamente escalar o jogador irregular e ser punida. Em suma, vendeu sua vaga na série A do Brasileiro para não se sabe quem por dinheiro. Na minha opinião esse é um escândalo maior do que o da máfia do apito em 2005. Um clube vender sua vaga na série A por dinheiro é um crime histórico no já combalido futebol brasileiro.

E porque eu estou falando disso? E o mais importante: o que isso tem a ver com as apostas esportivas? Simples. Um dos maiores argumentos dos detratores contra as apostas esportivas no Brasil e no Mundo é que as apostas podem atuar interferindo na VERDADE ESPORTIVA. Esse valor inviolável. Ou seja, com as apostas liberadas corruptores tentariam de todas as formas interferir com ações ilegais para mudar a verdade esportiva e lucrar com suas próprias escolhas. No cenário construído por estes críticos a industria das apostas esportivas é o principal vilão da verdade esportiva.

Mas convenhamos, quem está preocupado com Verdade Esportiva quando acabamos de testemunhar um ato de corrupção deliberado com o intuito de vender uma vaga na principal divisão do futebol brasileiro? Segundo o MP o valor pode ter girado de 5 a 20 milhões de reais.

Dois grandes clubes parecem ser os grandes interessados nisso já que estavam relacionados ao rebaixamento caso a salvação da Portuguesa tivesse se confirmado: Flamengo e Fluminense. Embora a investigação não tenha chegado até o momento a quem foi o verdadeiro corruptor.

Alguns poderão argumentar: Mas como você pode defender as apostas esportivas num país que já tem este nível de corrupção com venda de vagas na série A? Isso só iria piorar o cenário.

Minha resposta é a seguinte: Um país que já possui clubes vendendo vagas na principal divisão de futebol do país estuprando a tão cantada verdade esportiva tem que se preocupar menos com as apostas esportivas. E se preocupar mais em resolver seus problemas.

Como os críticos da regulamentação das apostas esportivas tem coragem de usar o argumento da conservação da verdade esportiva quando embaixo de seus bigodes os clubes já começam a vender lugares na série A do Brasileirão? Quando os tribunais esportivos julgam clubes com dois pesos e duas medidas baseados somente no seu tamanho? Quando a arbitragem brasileira sequer é profissionalizada? Quando o campeonato é organizado por uma federação aonde a corrupção impera?

Tudo isso destrói a verdade esportiva cantada em verso e prosa. A utilização desse argumento contra as apostas é uma falácia usada somente para estes fósseis da política conservarem seus interesses. Eles pouco de importam se a verdade esportiva está sendo respeitada ou não. A verdade é a última das preocupações desta turma.

As apostas esportivas e consequentemente as corporações que atuam nesse segmento podem contribuir. Seja trazendo mecanismos de fiscalização para combater armação de resultados. Ou ainda trazer um volume enorme de receitas em publicidade e patrocínio que permita aos pequenos clubes sobreviver.

Sem obrigar a estes clubes a vender suas vagas no Brasileirão para outros clubes com maior poderio financeiro. Talvez a indústria das apostas esportivas esteja mais preocupada com a verdade nos esportes do que os críticos delas jamais estiveram.

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa Forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.