Melhores Apostas Esportivas, Prognósticos e Bônus – Apostaganha Brasil

Crise no Brasil – Loterias da Caixa perdem dinheiro

A Crise Econômica no Brasil fez mais uma vitima. E dessa vez num mercado que até então dificilmente era afetado. As loterias federais em 2016 sofreram uma brusca queda na sua arrecadação. Se em 2015 a Caixa Econômica Federal arrecadou 14.9 bilhões viu uma queda de 13.8% em 2016. No último ano corrente as loterias renderam 12.8 bilhões de reais.

Claro que a Caixa oferece os mesmos velhos produtos há décadas. Mas isso nunca interferiu nas enormes arrecadações da instituição com as loterias. Isso é o esperado num cenário de monopólio. A Caixa não enfrenta nenhuma concorrência e por isso pode explorar o mercado como lhe aprouver. Logo, sempre foi muito fácil manter a sua arrecadação em níveis altíssimos.

O normal seria imaginar que a Caixa pagou 12.8 bilhões em prêmios para seus postadores correto? Ou pelo menos uma grande fração disso. Já que sendo um banco público o lucro não deveria ser um fator chave para a Caixa. Mas não. Destes 12.8 bilhões arrecadados 6.1 bilhões ficou nas mãos do governo brasileiro.

Quem ganha com as Loterias da Caixa

Os mais diversos órgãos arrecadam com as Loterias. Previdência social, assistência social e saúde morderam 2.1 bilhões de reais. O FIES 1.2 bilhão. Ministério dos esportes, Comité Olímpico e Paraolímpico 950 milhões. Além de 359 milhões no Fundo Nacional de Cultura. Outros 385 milhões no Fundo Penitenciários – que dinheiro bem utilizado frente a recente crise. 8.9 milhões para APAE e na Cruz Vermelha.

É natural que em épocas de crise econômica e desemprego o primeiro a ser cortado sejam os gastos superficiais. Mas ao mesmo tempo são justamente neste períodos que a ilusão de ficar milionário ganha mais força.

Logo, me parece um indicador interessante esta queda de arrecadação.Principalmente num cenário de monopólio. Será que finalmente os brasileiros estão reconhecendo a péssima qualidade destes jogos. Que a ilusão vendida não tem nenhuma correspondência na realidade?

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *